30 de abr de 2010

GRAÇAS A DEUS, DE QUEM PROVÊM TODAS AS BÊNÇÃOS

Com o avanço das pesquisas do telescópio Hubble cada vez mais longe no Universo,os mistérios da criação têm se tornado cada vez mais formidáveis.Se essa inexistência de limites é incompreensível para nossas mentes finitas, quanto mais incompreensível deve ser o seu Criador, que - necessáriamente - deve ser mais complexo que aquilo que Ele criou.Se não podemos entender o Universo em si, como poderemos compreender completamente quem o criou? No livro de JÓ, um de seus amigos pergunta: "Você consegue perscrutar os mistérios de Deus?"Pode sondar os limites do Todo Poderoso?" Como se isso tudo não fosse suficiente, esse mesmo Deus que criouo Universo foi quem, na pessoa de Jesus, tomou sobre Si não só nossa humanidade como também nossos pecados.O Deus que criou o Universo enfrentou sobre Si mesmo o castigo de nossas iniquidades, para que tivéssemos vida eterna.Com tal verdade sempre diante de nós, como não haveríamos de amar esse Deus e lhe oferecer nosso melhor louvor e adoração? Ao criar a humanidade com valor moral livre,dando aos seres humanos a capacidadede escolher obedecer ou desobedecer, para que não fossemos robotizados e exercitássemos a vontade própria, assim à imagem do Criador.Deus também fez uma provisão para o caso de a humanidade fazer a escolha errada com a liberdade que lhe foi dada.Essa provisão é conhecido como EVANGELHO, as boas novas do que JESUS fez por nós a fim de nos restaurar à vida eterna que originalmente deveríamos ter.

Nenhum comentário: