23 de jul de 2013

COMO O ISRAEL DE ANTIGAMENTE... .
Deus deu ao mundo uma oportunidade de conhecer e de obedecer a Sua vontade. Deu-lhe em Sua Palavra a luz da verdade e lhe enviou advertências, conselhos e exortações; mas poucos obedecerão a Sua voz. Como a nação judaica, a maioria dos cristãos professos se gloria de suas superiores vantagens, porém não se mostra grata a Deus por essas grandes bênçãos. Por causa de Sua graça infinita uma última mensagem de advertência é enviada ao mundo, anunciando que Cristo está às portas e chamando a atenção para a desprezada lei divina. Mas como os antediluvianos rejeitaram com zombaria a advertência de Noé, assim os amantes dos prazeres hoje em dia hão de rejeitar a mensagem dos fiéis servos de Deus. "Congrega-te, sim, congrega-te, ó nação que não tens desejo, antes que saia o decreto, e o dia passe como a pragana; antes que venha sobre vós a ira do Senhor, sim, antes que venha sobre vós o dia da ira do Senhor. Buscai ao Senhor, vós todos os mansos da Terra, que pondes por obra o Seu juízo; buscai a justiça, buscai a mansidão; porventura sereis escondidos no dia da ira do Senhor." SOFONIAS. 2:1-3. Estamos perto da consumação dos tempos. Os juízos retributivos de Deus já estão caindo sobre a Terra. O Senhor nos advertiu quanto aos acontecimentos que estão prestes a ocorrer. Luz irradia de Sua Palavra, contudo as trevas cobrem a Terra e densa escuridão os povos. "Quando disserem: Há paz e segurança; então lhes sobrevirá repentina destruição... e de modo nenhum escaparão." O mundo segue o seu curso inalterável, absorvido como sempre em seus negócios e prazeres, enquanto a ira divina está prestes a ser derramada sobre os transgressores de Sua lei.
O DIA DO SENHOR ESTÁ PERTO, MAS MILHÕES ESTÃO DORMINDO...
Nosso compassivo Redentor, prevendo os perigos que haviam de cercar Seus seguidores neste tempo, lhes dirige esta admoestação especial: "Olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a Terra. Vigiai pois em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem." LUCAS 21:34-36. Se a igreja escolher um caminho idêntico ao do mundo, virá a partilhar a mesma sorte; ainda mais: como recebeu maior luz, seu castigo será maior do que o dos impenitentes. Nós, como povo, professamos possuir mais verdades do que qualquer outro na Terra. Neste caso, nossa conduta e caráter devem também corresponder à nossa profissão. Está próximo o dia em que os justos, qual semente preciosa, hão de ser ajuntados para os celeiros celestiais, enquanto os ímpios, à semelhança do joio, o serão para o fogo do grande dia. Mas o trigo e o joio deverão "crescer ambos juntos até à ceifa". No desempenho de seus deveres cotidianos, os justos hão de estar, até o fim, em contato com os ímpios. Os filhos da luz estão espalhados entre os das trevas para que o contraste salte aos olhos de todos. É assim que os filhos de Deus devem anunciar "as virtudes dAquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz". O amor divino, ardendo em seu coração, a harmonia à semelhança de Cristo manifestada em sua vida, será como um vislumbre do Céu concedido aos homens do mundo, para que possam apreciar sua excelência. Coisas semelhantes mutuamente se atraem. Os que beberem da mesma fonte de bênçãos hão de unir-se entre si. A verdade, habitando no coração dos crentes, há de conduzir a uma abençoada e feliz unificação. Deste modo a oração de Cristo, pedindo que Seus discípulos fossem um como Ele o é com o Pai, será atendida. Por essa unidade espiritual, toda alma verdadeiramente convertida há de suspirar.TESTEMUNHOS SELETOS- VOL II - PAG.13

Lição 3 - A Palavra: A base do Reavivamento


30 de abr de 2013

VERDADEIROS ADORADORES Os adoradores no templo freqüentemente levavam presentes de aroma agradável para serem queimados sobre o altar do Senhor. Mas os israelitas que se afastaram do Senhor se tornaram egoístas e faziam poucas ofertas votivas ao seu Senhor. Isto era uma evidência da frieza de coração deles para com Deus e sua casa. A reclamação apresentada neste versículo poderia ser ocasional ou, talvez, freqüentemente dirigida contra você? Aqueles que são pobres em dinheiro, mas ricos em fé, não serão menos aceitos porque seus dons são pequenos. Você oferece em proporção justa ao Senhor ou a pequena moeda da viúva pobre não é lançada no tesouro sagrado? O crente deve ser agradecido pelo tesouro que lhe foi confiado, mas não deveria esquecer sua grande responsabilidade. "Aquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido" (Lucas 12.48). Você compreende sua obrigação de dar ao Senhor de conformidade com o benefício recebido? O Senhor Jesus derramou seu sangue por nós. O que Lhe daremos? Tudo que somos e possuímos Lhe pertence, pois Ele nos comprou para Si mesmo. Como podemos continuar agindo como se pertencêssemos a nós mesmos? Que tenhamos mais consagração e mais amor! Senhor Jesus, nada é caro demais para Te dar como tributo ao teu amor incomparável.

16 de abr de 2013

PARA CONFESSAR A CRISTO Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está Nele e Ele em Deus. I João 4:15. A confissão de que João fala aqui, não é fruto de uma fé nominal, mas o resultado de uma fé permanente no Salvador vivo - resultado de crer que as bênçãos da salvação foram postas ao nosso alcance pelos sofrimentos e a morte de Cristo, que ressuscitou dos mortos, e vive sempre para interceder por nós. Devemos sentir-nos certos de que Jesus é nosso Salvador, e que a vida não seria aprazível nem nos proporcionaria paz ou esperança, não nos houvesse Ele amado e Se entregado a Si mesmo por nós. Nosso direito à justiça de Cristo é perfeito, se satisfizermos a condição sob que ela nos é prometida. Deus nos outorgou todo o Céu em único e rico dom, e tudo quanto esse dom inclui nos pertence, caso aceitemos a Cristo como nosso Salvador pessoal. Falai sobre Jesus, educai a língua a falar de Sua misericórdia, a contar o Seu poder, manifestando os louvores dAquele que nos chamou das trevas para Sua maravilhosa luz. Vós sois propriedade de Cristo, tanto pela criação como pela redenção, e a glória de Deus se acha envolvida em nosso êxito pessoal. (The Youth's Instructor, 12 de julho de 1894).
SOSSEGAI... Quando perguntarmos algo à nossa consciência, estejamos sérios, calados e esperemos uma resposta. Não abramos a nossa boca para escusar o pecado; não é hora de falar, é hora de calar e sossegar. Não devemos racionalizar, mas deixemos a razão prevalecer, a fim de chegarmos à verdade sobre a nossa vida e o nosso procedimento. Nossa consciência quando está afinada pela Palavra de Deus será segura para nos dar uma orientação correta de nossos atos e teremos a oportunidade de nos arrepender de nossas faltas e corrigi-las. Temos que aprender a sossegar e aquietar-nos diante da imposição da consciência orientada pela soberania do Espírito Santo. CONFIAIS... Davi tinha muita esperança de que aqueles homens que estavam seguindo a rebelião haveriam de se arrepender, abandonar os seus maus caminhos e voltar-se para Deus. Ele ainda lhes dá a maior chance, a sua maior oportunidade: “Confiai no Senhor”. A confiança em Deus traz a maior vitória. Norteia a nossa vida. Desfaz todos os enganos e traições. Mostra o caminho da sabedoria que temos a palmilhar. A confiança em Deus nos traz a salvação por toda a eternidade. Ele nunca nos decepciona.Amém!
APRENDAMOS COM DAVI, NO SALMO 4 Não pequeis. Salomão disse que “não há homem que não peque” (2CRÔNICAS 6:36), mas Davi relaciona isso ao temor, como um antídoto para não pecar. Quando o povo de Israel presenciou aos trovões e relâmpagos do Sinai, quando a Lei dos Dez Mandamentos foi dada, disseram atemorizados a Moisés que ele lhes falasse, e não Deus, porque estavam tremendo diante do Seu poder e majestade, com medo da morte. Foi aí que Moisés replicou, dizendo: “Deus veio para vos provar e para que o Seu temor esteja diante de vós, a fim de que não pequeis.” (Êx 20:20). “Filhinhos meus”, disse o apóstolo João “estas coisas vos escrevo para que não pequeis!” (1Jo 2:1). Se alguém quer saber o que fazer para não pecar, aqui está o antídoto para o pecado: o temor de Deus vai nos livrar de pecar. Consultai. Consultar o coração no travesseiro indica a meditação que temos de fazer, já na cama, antes de pegar no sono, examinando a nossa consciência, perscrutando os nossos caminhos, a ver se andamos retamente, ou se há algum caminho mau, que devemos abandonar. Temos que fazer um exame de consciência, temos que consultar o nosso coração em sinceridade. Quais são os nossos planos? Temos ajudado o próximo? Temos iluminado aos que jazem nas trevas do pecado? Ou temos prejudicado a alguém com nossas palavras? Temos falado bem dos outros? Qual é a nossa influência sobre as pessoas, boa ou danosa? O que fazemos para enaltecer a reputação dos semelhantes?
AINDA SALMO 4 - MAIS LIÇÕES PARA NÓS Queridos,quando somos tentados a nos rebelar contra um servo de Deus: (1) Sabei. A sabedoria é uma jóia, o conhecimento é necessário, a inteligência é indispensável. O que eles deviam saber? Que Deus é justo e faz distinção entre aquele que o serve e aquele que não o serve. Ele distingue para Si o “piedoso”. Piedoso é aquele que tem piedade, respeito pelas coisas religiosas, temor e respeito para com Deus... Assim era o salmista, e por isso ele podia dizer que Deus o ouvia quando clamava por Ele. Que eles considerem de novo que aquele que ama a Deus e a quem o Senhor escolhe é guardado por Ele (verso 3a) e será ouvido por Ele em qualquer emergência (verso 3b). Pode ser que aquele a quem estamos perseguindo seja mui amado de Deus, e portanto, protegido. O que diríamos nós diante do Soberano de toda a Terra, ao nos achar perseguindo um de Seus servos? Como ficaria uma ursa roubada de seus filhos? (2) Irai-vos. A versão antiga diz: “Perturbai-vos”. Entretanto, a palavra hebraica original (râgaz) se traduz melhor, como dizem as versões estrangeiras, como “Tremei”. Davi não estava aconselhando que os seus inimigos ficassem irados, porque isso seria um absurdo, mas que tremessem diante da ideia de perseguir o ungido de Deus! Eles deveriam temer o curso que estavam seguindo, considerar as consequências, a fim de voltar de suas ideias e tornar à razão. De fato, perseguir ou causar dano a um ungido de Deus era algo a se temer. Isso aconteceu com o próprio Davi. Ele estava escondido numa caverna com os seus homens, e se achegou o rei Saul, e Davi furtivamente, lhe cortou a orla do manto, mas logo sentiu o seu coração bater descompassado. E disse: “O Senhor me guarde de que... eu estenda a mão contra ele, pois é o ungido do Senhor” “...pois quem haverá que estenda a mão contra o ungido do Senhor e fique inocente?” (1Sm 24:5-6; 26:9).(CONTINUA ...)
CONTINUAÇÃO DO SALMO 4 Deus é um Deus de justiça, mas precisamos entender que a justiça punitiva já se manifestou na cruz do Calvário, onde Jesus Cristo pagou pelos nossos pecados; agora, precisamos nos apegar às virtudes de Cristo, pelas quais podemos ter a justiça salvadora de Deus. Pela fé nos apropriamos da justiça de Cristo, que é a justiça que passa a ser nossa por imputação, pela qual podemos orar ao Senhor como o “Deus de minha justiça”. Jesus Cristo é chamado como “o Senhor, Justiça Nossa” (JEREMIAS 23:8). Ele é o nosso Advogado que nos defende e nos restitui a justiça, e faz justiça aos Seus santos que tem sido oprimidos e injustiçados. DAVI PEDE MISERICÓRDIA: “tem misericórdia de mim!” é a sua oração que ele deseja ver ouvida. Davi pede misericórdia ao Deus da justiça. Não parece contraditório? Mas é porque ele confia na justiça de Deus que ele pede a misericórdia. Se queremos salvação, pedimos primeiro a misericórdia, porque tememos a justiça. Mas se já fomos salvos, confiamos na justiça, para que se manifeste a misericórdia para conosco na aplicação da justiça sobre os que estão nos acusando injustamente. Este era o problema do salmista. Por que Davi pedia misericórdia? Porque necessitava de justiça. Ele havia sido julgado temerária e implacavelmente por falsos amigos, que falavam mal dele, expondo a sua reputação ao ridículo.Portanto, nada melhor do que clamar por misericórdia ao Deus da justiça. (CONTINUA...)
SALMO 4 Você já passou por uma profunda angústia? Já teve um filho revoltado contra a sua autoridade? Já teve inimigos fortes contra si mesmo, e não sabia o que fazer? O salmista Davi ainda está escrevendo este outro salmo tendo como fundo sua fuga do palácio, sendo perseguido pelo seu filho Absalão, liderando uma multidão que conspirava contra ele para destroná-lo, levando-o à morte. Mas Davi tem 7 Conselhos, 7 Imperativos para dar a seus inimigos. Neste salmo, ele está (1) Falando para Deus; (2) Falando para homens; (3) Falando dos homens e (4) Falando de si mesmo. I – FALANDO PARA DEUS (verso 1) Davi fala para Deus e suplica: “Responde-me quando clamo, ó Deus da minha justiça” (v. 1). 1 – Davi se encontrava em angústia. Ele tem um histórico contínuo em que Deus o aliviou de suas angústias passadas.Baseado nisso, ele pede a Deus que o livre novamente da angústia pela qual passava no momento em que escrevia este salmo. Sabemos que muitas vezes somos atribulados, com privações, e sofrimentos, e com muitas angústias que são partes de nossa vida. Mas muitas vezes não nos lembramos de ler a Bíblia e rever como Deus livrava aos homens do passado, com a mesma prontidão com que há de nos atender a nós também. Disse o Senhor Jesus Cristo que não vivemos em um mar de rosas ao se expressar desse modo: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.” (Jo 16:33). Ele nos advertiu que haveremos de passar por situações aflitivas, para que não desanimássemos quando elas chegassem. Assim como Ele socorreu a Davi, no passado, hoje Ele também pode nos ajudar a sairmos aliviados de nossas angústias, porque Ele já passou por isso pessoalmente. Lutero ansiava muito compreender a mensagem de Paulo aos Romanos, mas havia um problema. Ele o descreve assim: “Nada me impedia o caminho, senão a expressão: 'justiça de Deus', porque a entendia como se referindo àquela jus­tiça pela qual Deus é justo e age com justiça quando pune os injustos ... Noite e dia eu refletia até que ... captei a verdade de que a justiça de Deus é aquela justiça pela qual, mediante a graça e a pura misericórdia, Ele nos justifica pela fé. Daí por dinte, toda a Escritura ganhou novo significado e, ao passo que antes a justiça de Deus me enchia de ódio, agora se me tornava indizivelmente bela e me enchia de maior amor. (CONTINUA...)

15 de abr de 2013

Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao Teu nome, ó Altíssimo;Anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade! - Salmos 92:1-2

12 de abr de 2013

LÍNGUA VEGETARIANA INGREDIENTES: 2 xícaras de farinha de glúten 1 xícara de farinha de soja 3 colheres de sopa de nozes 1 xícara de caldo de legumes (cebola blend 1, 1/2 pimenta vermelha, 3 dentes de alho, salsa, orégano 2 colheres de chá de sal, ½ xícara de água) de sal, alho, salsa, orégano, suco de dois limões. Preparação: Mix glúten, farinha de soja, nozes eo sal. Adicione o caldo e formar um coque firme. Cozinhe em água fervente com a folha de louro, alho e sal a gosto por 30 minutos. Retire da panela e deixe esfriar com algum peso em cima para tomar forma e cortar bem fininho, coloque em um recipiente intercaladas com orégano, alho e salsa. Cubra com o suco de limão misturado com óleo, o suficiente para cobrir tudo. Dejar macerar 1 0 2 días antes de consumir. Marinar 1 0 2 dias antes de servir. BOLO DE BERINJELA Ingredientes: Corte em anéis de cebola; 1 dente de alho, picado;2 Tomates picados; 3 berinjelas médias, em fatias, pimenta ralado, sal e orégano a gosto. Preparação: Em uma panela coloque a cebola e o alho.Cozinhe em fogo baixo para cozinhar.Adicione os tomates e berinjelas.Cubra e cozinhe em fogo baixo 15 minutos. Misture uma massa de bolo, sem acúcar e despeje-o em uma assadeira tampe e reserve. Coloque os refogados em cima da massa. Asse a torta em forno moderado (180 °) 35 minutos.
POUPOURRI DE LEGUMES INGREDIENTES: 1 cebola ;1 couve-flor;1 Abóbora coreana;1 batata inglesa;1 batata doce;cebolinha verde;1 berinjela; 1 abobrinha, alho, aipo e salsa a gosto e óleo de oliva extra-virgem. Preparação: Corte a cebola, pimentão e em tiras, abóbora, batata-doce, salsão, cebola verde, a abobrinha e berinjela tronco em fatias finas, e pique a couve-flor.Cozinhar tudo junto em uma panela com um pouco de óleo.Cozinhe em uma panela tampada até que os legumes fiquem cozidos. Adicione o alho e a salsa picada antes de ficar completamente cozidos.Servir acompanhando pratos quentes vegetarianos ou croquetes de soja, ou bolinhos de arroz,ou macarrão.
O FINAL ESPETACULAR "Deus deve gostar do espetacular. Ele espalha tintas pelo céu noturno e cria a beleza que vemos. Transforma o mar em cristal para refletir as cores fortes e maravilhosas do Seu trono. Ele constrói ruas de ouro em lugar de asfalto. Ele chama o vento com um toque do relâmpago e os sons do trovão para servir como Sua orquestra. Ele tem mais galáxias do que qualquer computador pode contar. Mas as coisas mais espetaculares que Ele criou foram os dias e o coração humano. Em seguida, Ele começou a planejar o final espetacular do que chamamos de tempo. Era 14 de junho de 1975. Murray e Roslyn Hughes, oito e seis anos espectivamente, estavam nos bancos de trás do avião, descalços e com os cintos de segurança. De repente o avião caiu numa parte distante na Austrália. Eles não se machucaram, mas seu pai ficou inconsciente no banco do piloto, e sua mãe ficou presa na cabine. Murray não conseguia esquecer o desespero na voz de sua mãe quando gritou: "Pegue Roslyn e vão buscar socorro! Não parem para nada". As crianças não conseguiram achar os sapatos e por isso foram embora sem eles. Durante 12 horas, eles caminharam descalços por aquelas encostas cheias de cobras, sem olhar para trás, pensando apenas em seus pais feridos e sangrando lá no alto, naquela floresta coberta pelo nevoeiro. Por várias vezes, eles oraram: "Oh, Deus, dá-nos coragem"! Um fazendeiro os avistou num pasto, a onze quilômetros dos destroços. Ele disse: "Eram apenas bebês. Eu mal pude acreditar quando os vi por lá. Estavam tremendo de frio, suas roupas estavam em farrapos. E estavam muito arranhados e seus pés sangrando. A garotinha foi corajosa", disse o fazendeiro, "agarrada a uma bolsinha com uma escova e um pente dentro. O menino aproximou-se e me disse para conseguir socorro para sua mãe e seu pai. Ele é o garoto mais valente que eu já conheci. Seus pés estavam muito cortados, mas ele não quis descansar. Ele só tinha um pensamento na cabeça: obter ajuda para os seus pais". O organizador do grupo de resgate disse: "Vocês podem pensar que 12 horas não é muito tempo, mas esse é um dos territórios mais difíceis que existe. A floresta é densa e o mato é cheio de cobras mortíferas e aranhas venenosas. Não creio que aquelas duas crianças poderiam resistr por mais tempo lá". Roslyn falou sobre seu sofrimento. Ela disse: "Mamãe nos disse para sermos valentes e buscarmos socorro". O nevoeiro era forte e não conseguíamos ver para onde estávamos indo. As árvores tinham grandes raízes acima da terra e eu ficava tropeçando nelas. O terreno era acidentado. Mamãe tinha dito para tirarmos os sapatos no avião para ficarmos mais confortáveis, assim quando o avião caiu não conseguimos encontrá-los. Os pés doíam quando andávamos por lá. Havia pedras ásperas e machucavam os meus dedos". E continuou: "Estávamos muito assustados. Ouvíamos bichos rastejando ao nosso redor. Uma vez, ouvimos esse ruído muito alto num mato bem perto da gente. Eu gritei. Murray foi bem valente. Ele me abraçou e me disse: 'não se preocupe, não vou deixar que nada lhe aconteça". Murray disse: "Eu também estava muito assustado, mas não queria que Roslyn soubesse. Fiquei pensando na mamãe e no papai e como tínhamos que obter ajuda. Eu nunca havia andando tanto. A pior parte, é claro, foi estarmos sem sapatos. De vez em quando, Roslyn parava e chorava. Às vezes, eu a deixava se deitar um pouquinho." O grupo de resgate chegou tarde e Murray lamentou: "Eu gostaria de poder dizer à minha mãe e meu pai que tentamos o máximo". Que semelhança com o que Jesus fez! As pessoas que Ele criou, num planeta também feito por Ele, estavam em perigo. Sem ajuda, não iriam sobreviver. E Ele disse: "Eu vou, Pai". E o Pai disse: "Vá, Filho. E não pare por nada!" Ele deixou sua coroa para trás e não parou para nada. Ele só conseguia pensar em encontrar socorro, achar um meio de salvar você e eu. Várias vezes, Ele orou: "Pai, Me dê coragem"! E assim, Ele veio para Belém! Quando tinha 12 anos, visitou o magnífico templo e lá, pela primeira vez, viu os sacerdotes ofertando cordeiros inocentes no altar. Ele ficou fascinado com o que viu. Havia alguma coisa misteriosa sobre aquilo tudo. Alguma coisa que parecia estar ligada à Sua própria vida. Aí, de repente, entendeu: Ele próprio iria ser o cordeiro; Ele próprio iria ser o sacrifício inocente pelos pecados dos homens; Ele próprio era o caminho para salvar a humanidade perdida. Por isso, Ele teve que vir! E assim Ele seguiu até o Calvário. Ele só conseguia pensar nos homens e mulheres que estavam perdidos. Ele tinha que prosseguir, pois Ele era o cordeiro. Agora, temos uma opção quanto ao final da história. Pode terminar com você e eu mortos na cabine de um avião destroçado ou pode terminar no resgate mais espetacular de todos os tempos, se quisermos. E quando tudo terminar, quando o último homem tiver feito sua escolha, e quando milhões tiverem escolhido afundarem com este planeta, pareço ouvir o Salvador dizendo: "Pai, Eu gostaria de poder dizer a eles que tentei o máximo". É possível que estejamos confusos sobre o que é realmente espetacular. A cruz do Calvário é o evento mais espetacular de todos os tempos. Ela é a incrível prova de Deus perante o tribunal do Universo. É seu irrefutável argumento às acusações daqueles que disseram que Jesus não se importava com a humanidade.
ACAMPAMENTO TERRA , Estamos em território inimigo e assim como internos de um acampamento chamado Shantung.Nós não conseguimos afastar a sensação de que pertencemos a outro lugar. Pense nisso. O lar não é aqui onde bebês nascem com AIDS onde as guerras nunca acabam, onde pais alcoólatras maltratam terrivelmente seus filhos. As coisas não deviam ser assim. Sabemos que há um jeito melhor e um mundo melhor, como uma lembrança quase esquecida a qual nos agarramos. Então a pergunta é: Como nós vivemos no acampamento Terra? Existe meio de se ter uma vida saudável enquanto este adversário está rosnando para nos devorar? Langdon Gilkey descobriu muita coisa sobre a vida sob pressão lá no Acampamento Shantung que eu acredito tem muito a nos dizer. Naquele pequeno modelo de mundo, logo se tornou muito claro quais valores realmente importavam e quais não importavam. Entre os internos amontoados naquele campo, havia homens e mulheres de posições e classes sociais amplamente diferentes: de industriais super ricos a trabalhadores comuns, de senhoras da alta sociedade a empregadas. Mas quando as pessoas passavam pelos portões do acampamento nada disso importava muito. A única coisa que contava era sobreviver. Isso significava que as pessoas tinham que colocar a cozinha para funcionar, tinham que limpar os vasos sanitários entupidos. Todos os símbolos de "status" se tornaram irrelevantes: dinheiro, laços de família, sofisticação e até a educação. Nada disso podia colocar um indivíduo acima de seu vizinho. O que importava era cada pessoa fazer o que lhe cabia para manter todo mundo vivo. Então, um presidente de companhia cortava legumes ao lado de um ex-viciado em drogas. Esposas ricas e mimadas tinham que levar o lixo para fora com ex-prostitutas. Todos os acessórios que os seres humanos normalmente acalentam foram postos de lado no Acampamento Shantung. Cada pessoa era um indivíduo que tinha que contribuir para o bem comum. Mas um tipo de valor fazia um diferença enorme naquele acampamento. Havia uma coisa que realmente distinguia os indivíduos, uma coisa que finalmente importava, e isso era o caráter moral. No Acampamento Shantung, Gilkey percebeu que os valores morais e espirituais não eram apenas um boa opção; eram valores mais altos. Eles determinavam, mais que qualquer coisa, se os internos iriam sobreviver. Havia sempre o problema, por exemplo, de se arrumar espaço para todo mundo. Quando chegavam mais internos ao campo, tinha-se que arranjar espaço. Mas todos estavam insuportavelmente amontoados. Quem iria abrir mão de seu precioso espaço? Nessa situação de extrema pressão, eram somente aqueles dispostos a fazer sacrifícios pessoais que salvavam o dia. Sem eles, o campo teria se degenerado num infindável conflito por causa de espaço. Amigo, será que os valores que contavam lá também são os valores que contam aqui no Acampamento Terra? Como podemos viver uma vida sã e saudável num mundo dominado por um leão devorador? A resposta é: agarrando-nos a valores morais e espirituais. Eles são o que conta. São tudo o que podemos levar conosco deste Planeta. Em sua segunda epístola, Pedro fala sobre a segunda vinda de Cristo como um evento que separa o que é de valor supremo do que não é. Ele descreve os elementos se derretendo e o céu desaparecendo com furor e depois ele diz: "Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do dia de Deus" (II Pedro 3:11 e 12). Qual é única coisa que importa, que realmente importa depois do Apocalipse? Vidas santificadas. Tudo mais é destruído, exceto nossa relação com Deus. Todos aqueles símbolos de "status" varridos no Acampamento Shantung, também serão varridos na segunda vinda. Riqueza, posição, poder, contatos, não vão significar nada. A única coisa que vai importar é a qualidade de nossa vida com Deus. Isso é que é eterno. Isso é o que vai durar. O Acampamento Terra está se acabando, meu amigo, mas podemos trabalhar agora pelo que é eterno. Centralizar nossa vida em Jesus como Salvador e Senhor é a garantia de sermos parte do que é duradouro. Nós não seremos varridos com o que é temporário e superficial.. Sabe,nossa vida adquire sentido por uma esperança. A vida eterna. Ela nos mantém espiritualmente vivos. João nos fala em I João 3 do dia em que Cristo irá aparecer gloriosamente e nós O veremos tal como Ele é. Depois o apóstolo continua: "E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro" (I João 3:3). A esperança de ver Jesus chegando triunfante para acabar essa longa guerra contra o pecado nos mantém lutando. Nós somos motivados a nos purificar, a abrirmos mão de distrações menores e a nos concentrarmos nos valores que realmente contam. Essa esperança é que dá sentido a cada dia que vivemos no Acampamento Terra.
ÁGUA DA VIDA "Água em qualquer forma é um milagre sem o qual não podemos viver. Suas muitas maravilhas nos dão uma imagem inesquecível do que o Espírito de Cristo pode fazer na vida humana. Nada parece mais comum para nós do que um copo d'água. Nesta era de alta tecnologia e complexa engenharia química, esta mistura de hidrogênio e oxigênio, H2O como chamamos, é a imagem da simplicidade. Mas a água é uma das substâncias mais notáveis encontradas neste planeta. Você sabia que a vida existe na Terra em grande parte porque a água não se comporta como deveria? De fato, se esta substância clara se comportasse do modo como sua estrutura molecular sugere, a vida seria destruída por uma série de catástrofes. Nosso sangue ferveria no corpo, plantas e árvores murchariam e morreriam, o mundo se transformaria em um deserto árido. A água desafia a convenção química. Ela é mais pesada em estado líquido do que sólido e pode subir uma colina a despeito da força da gravidade. Vamos ver como a água realiza essas tarefas extraordinárias e como ela nos revela a maravilhosa engenhosidade do Criador. Vamos descobrir também porque a água é um símbolo tão maravilhoso da obra do nosso Criador e Recriador Jesus Cristo. Em mais de uma ocasião Jesus usou o conceito da água para criar uma imagem de Si mesmo. Uma vez Ele estava no templo em Jerusalém, no último dia da Festa dos Tabernáculos. Cristo quis apresentar-Se de modo claro e receptivo ao povo. Assim, Ele ergueu a voz e proclamou estas palavras: "Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva." João 7:38. E aí João explica no versículo 39: "Isto Ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem..." Jesus prometeu que Seu Espírito habitaria naqueles que depositassem a sua fé nele. E ele descreve seu espírito como "rios de água viva".
COMPAIXÃO O Pastor H. M. S. Richards conta uma pequena história de quando era garoto. Diz ele que gostava de pular a cerca e colher as maçãs do vizinho. Um dia a mãe o chamou e, mostrando-lhe uma vara verde, disse: Você tá vendo esta vara? — Sim, mãe. — Se você colher mais uma maçã do vizinho, vou castigá-lo 5 vezes com esta vara, entendeu? — Sim, mãe. Os dias passaram. As maçãs estavam cada vez mais vermelhinhas e ele não resistiu à tentação. Pulou a cerca e comeu maçãs até ficar satisfeito.O que ele não podia esperar era que ao voltar para casa a mãe estivesse esperando-o com a vara verde na mão. Tremeu. Sabia o que iria acontecer. Quase sem pensar suplicou: — Mãe, me desculpa. — Não, filho — disse a mãe — eu falei uma coisa e terei que cumpri-la. — Mãe, por favor, eu nunca mais vou fazer isso. — Não filho, eu te avisei. — Por favor mãe, por favor — continuou suplicando com os olhinhos lacrimejantes. Que mãe pode ficar insensível vendo o filho amado suplicando perdão? Ela tomou entre as suas as mãos do filho e perguntou: — Você não quer receber o castigo? — Não, mãe. — Então, só existe uma saída meu filho. — Qual é? A mãe estendeu a vara para ele e disse: “segura a vara meu filho. Em lugar de eu castigar você com esta vara você vai castigar a mim. O castigo tem que se cumprir, porque a falta existiu. Você não quer receber o castigo, mas eu te amo tanto que estou disposta a receber o castigo por você.” “Até aquele momento eu tinha chorado com os olhos - contou Richards – mas daí em diante, comecei a chorar com o coração. Como teria coragem de bater na minha mãe por um erro que eu tinha cometido?” Você entende? Isto é compaixão. É não poder assistir alguém sofrer mesmo que mereça. Temos o hábito de apontar o antigo Israel como um povo teimoso, “cabeça dura”, incapazes de enxergar as muitas demonstrações do amor de Deus. Mas e nós? Não é assim que nos portamos? Somos como crianças teimosas que vez após vez se põem a suplicar por uma segunda chance, por medo de enfrentarmos as consequências dos nossos maus atos. Erramos e prometemos não fazer mais, aí erramos de novo. Sempre vivendo a velha experiência da montanha russa. Hora lá em cima, pertinho de Deus; e no minuto seguinte, lá em baixo suplicando por outra chance… Então, neste instante, Deus não consegue ficar indiferente...Veste-se de misericórdia e compaixão e vem ao nosso encontro. Ouve-nos as suplicas e coloca a “vara verde” em nossas mãos.

13 de mar de 2013

SALMO 1 1 Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 2 Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. 3 Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido. 4 Os ímpios não são assim; são, porém, como a palha que o vento dispersa. 5 Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na congregação dos justos. 6 Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. O caminho da bênção está aberto diante do homem mediante uma vida de companheirismo incessante com o Deus de Israel. Não é de maneira nenhuma um atalho em que a razão humana pode descobrir por si só, mas é um dom do Redentor de Israel. Como a fonte de vida, o Senhor mostra o modo de vida. Todos os outros caminhos conduzem à ruína. Tais cursos de vida escolhidos pelo eu são por definição o oposto do modo do Senhor, modos que divergem de Sua lei. Os que rejeitam o Senhor, o Deus de Israel, e a Sua lei são descritos em condições negativas como os irreligiosos (Sal. 119:51, 78) porque não há nenhum outro Deus além do Senhor.
OS ENSINOS DE CRISTO Em Seu belo sermão da montanha, Jesus explicou o que Deus considera mais precioso e o que proporciona verdadeira felicidade. Os discípulos de Cristo haviam sido influenciados pelos ensinos dos rabinos e foi para esses discípulos que as primeiras lições de Cristo foram destinadas. Do mesmo modo, elas se destinam a nós, pois precisamos aprender as mesmas coisas. "Bem-aventurados os humildes de espírito", disse Cristo. Mat. 5:3. Os humildes de espírito são aqueles que reconhecem sua própria pecaminosidade e necessidade espiritual. Sabem que em si mesmos nada podem fazer de bom. Desejam receber auxílio de Deus e para eles é dada essa bênção. "Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos." Isa. 57:15. "Bem-aventurados os que choram." Mat. 5:4. Isso não significa murmurar ou viver em lamúrias, nem apresentar uma disposição amarga e um semblante mal-humorado, mas a bem-aventurança refere-se aos que se entristecem verdadeiramente por seus pecados e buscam o perdão de Deus. A todos esses Ele perdoará generosamente. O Senhor diz: "Tornarei o seu pranto em júbilo e os consolarei; transformarei em regozijo a sua tristeza." Jer. 31:13. "Bem-aventurados os mansos." Mat. 5:5. Disse Jesus: "Aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma." Mat. 11:29. Quando era maltratado, Jesus pagava o mal com o bem. Nisso, Ele nos deu o exemplo, para que agíssemos do mesmo modo. "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça." Mat. 5:6. Justiça é a prática de ações corretas. É obediência à lei de Deus, pois nessa lei tais princípios estão arrolados. A Bíblia diz: "Todos os Teus mandamentos são justiça." Sal. 119:172. Por Seu próprio exemplo, Cristo nos ensinou a obedecer tais preceitos. A justiça da lei é vista em Sua própria vida. Temos fome e sede de justiça quando desejamos ter pensamentos, palavras e ações semelhantes aos de Cristo. E podemos ser semelhantes a Ele se desejarmos. Podemos ter nossa vida como Sua vida e nossas ações em harmonia com a lei de Deus. O Espírito Santo trará o amor de Deus ao coração de modo que nos deleitaremos em cumprir Sua vontade. Deus está mais disposto a dar o Seu Espírito do que os pais desejam dar boas dádivas aos seus filhos. Sua promessa é: "Pedi, e dar-se-vos-á." Luc. 11:9. Todos os "que têm fome e sede de justiça... serão fartos." Mat. 5:6. "Bem-aventurados os misericordiosos." Mat. 5:7. Ser misericordioso é tratar as pessoas melhor do que merecem. Assim Deus nos tem tratado. Ele tem prazer em atos de misericórdia. É compassivo para com os ingratos e maus. Do mesmo modo nos ensina a tratar os semelhantes: "Sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou." Efés. 4:32. "Bem-aventurados os limpos de coração." Mat. 5:8. Deus dá mais valor ao que somos do que àquilo que dizemos que somos. Ele não Se importa com nossa aparência exterior; o que deseja é que sejamos puros de coração, então todos os nossos atos e palavras serão justos.

24 de fev de 2013

PARA CONFESSAR A CRISTO Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele e ele em Deus. I João 4:15. A confissão de que João fala aqui, não é fruto de uma fé nominal, mas o resultado de uma fé permanente no Salvador vivo - resultado de crer que as bênçãos da salvação foram postas ao nosso alcance pelos sofrimentos e a morte de Cristo, que ressuscitou dos mortos, e vive sempre para interceder por nós. Devemos sentir-nos certos de que Jesus é nosso Salvador, e que a vida não seria aprazível nem nos proporcionaria paz ou esperança, não nos houvesse Ele amado e Se entregado a Si mesmo por nós. The Youth's Instructor, 6 de janeiro de 1898. Nosso direito à justiça de Cristo é perfeito, se satisfizermos a condição sob que ela nos é prometida. Deus nos outorgou todo o Céu em único e rico dom, e tudo quanto esse dom inclui nos pertence, caso aceitemos a Cristo como nosso Salvador pessoal. ... Falai sobre Jesus, educai a língua a falar de Sua misericórdia, a contar o Seu poder, manifestando os louvores dAquele que nos chamou das trevas para Sua maravilhosa luz. Vós sois propriedade de Cristo, tanto pela criação como pela redenção, e a glória de Deus se acha envolvida em nosso êxito pessoal. The Youth's Instructor, 12 de julho de 1894.

23 de fev de 2013

A FAMÍLIA MAIS PROBLEMÁTICA DO MUNDO É possível eu estar aqui nesta manhã, quando penso nos pecados que cometi e nos crimes que cruzaram meus maus pensamentos? Sim, estou aqui, não consumido, porque o Senhor não muda. Se Ele tivesse mudado, seríamos consumidos de uma dúzia de formas diferentes; Se o Senhor tivesse mudado, vocês e eu deveríamos ter sido consumidos por nós mesmos; pois, afinal de contas, o "senhor eu" é o pior inimigo que um cristão pode ter. Teríamos sido assassinos de nossas próprias almas; Se o Senhor não tivesse sido um Deus imutável! Chamamos Deus de "Pai"; mas não há um pai neste mundo que não teria matado todos os seus filhos há muito tempo, caso fosse provocado por eles, ou se tivesse tido metade dos problemas que Deus teve com Seu povo. Ele tem a família mais problemática de todo o Universo criado, incrédula, ingrata, desobediente, esquecida, rebelde, desviada, murmurante e endurecida. Bem, é por que Ele é paciente; senão já teria não só usado a vara, como também a espada contra vários de nós há muito tempo. Devido não haver nenhuma razão para que merecêssemos amor, muito menos existe razão agora. Existe muito pouco para amar em nós depois que nascemos, que se Ele não nos tivesse amado antes disso, Ele não teria visto razão nenhuma para escolher-nos depois... Mas desde que Ele nos amou sem ter-mos feito nada, Ele ainda continua amando-nos sem obras; desde que nossas boas obras não Lhe despertaram a afeição, obras más não podem apagar esse afeto. Nossa possível retidão não ligou o amor DELE a nós, assim a nossa maldade não poderá romper os vínculos dourados. Ele nos amou segundo Sua graça soberana e ainda nos amará. Lembrem-se que Deus é o mesmo, não importa o que aconteça. Seus amigos podem ser infiéis, seus pastores podem ser levados embora, tudo pode mudar, mas com Deus isso não acontece. Seus irmãos podem mudar e podem lançar seu nome na lama, porém Deus ainda amará vocês. O quinhão de vocês na vida pode mudar e suas propriedades podem ser perdidas; Seus empregos e negócios fracassarem,suas vidas podem ser abaladas e vocês podem ficar fracos e doentes; tudo pode desvanecer - Existe um lugar onde as mudanças não podem colocar suas mãos; existe um nome no qual a mutabilidade não estará presente; existe um coração que nunca mudará; é o coração de Deus - esse nome é Amor.Aleluia!

19 de fev de 2013

SALMO 103:2 Não te esqueças de nem um só de seus benefícios - Salmos 103.2 ) A mão de Deus agindo na vida dos santos do passado traz-nos deleite — a bondade de Deus em livrá-los, a sua misericórdia em perdoá-los e a fidelidade em cumprir sua aliança com eles. Todavia, é muito mais interessante notarmos a mão de Deus agindo em nossa própria vida. Não deveríamos olhar nossa própria história como sendo, pelo menos, tão repleta de Deus, de sua bondade e sua verdade ao ponto de ser uma prova de sua fidelidade e veracidade tanto quanto foi a vida de qualquer um dos santos do passado? Cometemos uma injustiça contra o nosso Senhor, quando imaginamos que Ele realizou todos os seus atos poderosos nos tempos antigos e que não realiza maravilhas ou desnuda Seu Santo Braço (ver Isaías 52.10) para os santos de nossos dias. Devemos reexaminar nossa própria vida. Ao fazer isso, certamente descobriremos alguns acontecimentos felizes que nos trarão refrigério à alma e glorificarão ao nosso Deus. Você não tem experimentado nenhum livramento? Tem atravessado rios amparado pela graça de Deus? Tem gozado de favores especiais? O Deus que concedeu a Salomão o desejo de seu coração tem ouvido as suas orações e respondido às suas súplicas? Aquele Deus de superabundante generosidade sobre quem Davi cantou: "Quem farta de bens a tua velhice" (Salmos 103.5), nunca lhe saciou a sede e lhe fez deitar em pastos verdejantes? Nunca lhe guiou a águas tranqüilas? Com certeza, a bondade de Deus tem se mostrado tão boa para nós como para os santos do passado. Façamos uma canção com as misericórdias de Deus. Façamos com o ouro puro da gratidão e as pérolas do louvor, outra coroa para a cabeça de Jesus. Entoe a nossa alma, músicas tão agradáveis e tão felizes quanto as que brotaram da harpa de Davi, enquanto louvamos o Senhor, cuja misericórdia dura para sempre!!.

16 de fev de 2013

A PURA VERDADE


A CURA PELOS ALIMENTOS Aqui está uma lista do que eu acredito ser dez substâncias mais importantes a serem evitadas: 1) Todos os alimentos fritos; 2) Todos os alimentos cozidos com óleo ou gordura; 3) Todas as drogas - legais ou ilegais; 4) Todo o consumo de álcool, tabagismo de qualquer e todos os tipos; 5) Todos os açúcares refinados; 6) Todos os adoçantes artificiais, e xarope de milho rico em frutose, 7) Todos os conservantes de alimentos; 8) Todos os produtos animais; 9) Todas as gorduras processados, como óleos hidrogenados e Inter-esterificados e gorduras; 10)Todos os alimentos processados. Esta é uma Pirâmide Alimentar:Quanto mais próxima da base, melhor a alimentação. Quanto mais alta a faixa,pior o tipo de alimentos a serem consumidos... Entre aquelas coisas que devem ser livremente utilizadas são : Romãs, que são ricas em todas as coisas boas, incluindo a vitamina A abundante; Abacates são uma excelente fonte de carotenóides, que têm vitamina A. Cenouras são carregados com vitamina A e os lotes de carotenóides.Brócolis cru, couve-flor, couves em geral cruas, são excelentes fontes. Todos os membros da família baga comestível (MIRTILOS, GOIABAS, GRAVIOLA, AJIRÚ, UVAS,FRAMBOESAS, NOZES, DAMASCOS, AVELÃS,CAMAPÚ,ATAS,ABACAXIS), são fontes ricas e importantes nutrientes essenciais para apoiar a saúde do cérebro. O exercício físico deve ser uma parte regular de sua rotina diária. Ar puro, água pura e são essenciais para uma boa saúde! Abrace as Oito Leis Naturais da Saúde ou remédios da Natureza, como se fosse o seu melhor amigo ou seu companheiro. E acima de Tudo > Estude a Palavra! Ela é Sua provisão, grande auxílio para Seus filhos através de uma boa dieta e estilo de vida saudável... A dieta original no Jardim do Éden.

15 de fev de 2013

NÃO O SIGA DE LONGE... Esse deve também andar assim como ele andou.(I João 2.6 ). Por que os crentes devem imitar a Cristo? Eles devem fazê-lo por causa de sua própria alma. Se os crentes desejam gozar de boa saúde espiritual; se desejam escapar da enfermidade do pecado e desfrutar do vigor da graça crescente, Jesus deve ser o modelo deles. Para sua própria felicidade, se desejam gozar de comunhão santa e feliz com Jesus e serem retirados do meio das preocupações e problemas deste mundo devem andar assim como Ele andou. Nada pode ajudá-lo a andar tão rapidamente, em sua jornada rumo ao céu, como o portar a imagem do Senhor Jesus em seu coração, para reger todas as suas ações. Quando, por meio do poder do Espírito Santo, você andar nos passos do Senhor Jesus, então se tornará mais feliz e mais conhecido como parte dos filhos de Deus. "Pedro seguia de longe" (Lucas 22.54). Esta atitude que Pedro teve é tanto perigosa quanto alarmante. Em seguida, por causa de sua fé, faça um esforço para ser semelhante a Jesus. A fé tem sido atacada severamente por inimigos cruéis. No entanto, ela não tem sido tão perigosamente injuriada por seus inimigos como o tem sido por seus amigos. Quem fez aquelas feridas nas lindas mãos da piedade? Aquele que professou fé mas usou o punhal da hipocrisia; o homem fingido, que entra no rebanho sendo nada além de um lobo vestido de ovelha, atormenta mais o rebanho do que o leão do lado de fora. Não existe arma tão mortal como o beijo de um Judas Iscariotes. Os crentes inconsistentes prejudicam o evangelho mais do que o crítico zombador ou o infiel. Imite o exemplo de Cristo especialmente por causa dEle mesmo. Crente, você ama o Senhor Jesus? O nome dEle é precioso para você? Deseja que o reino do mundo se torne dEle? Quer que o Senhor Jesus seja glorificado? Você anela que almas sejam ganhas para Cristo? Se tudo isso é verdade, imite a Cristo. Seja uma carta de Cristo, conhecida e lida por todos os homens (ver 2 Coríntios 3.2).

10 de fev de 2013

OLHOS INCRÍVEIS
Vamos falar aqui e mostrar os animais que tem os olhos mais incríveis do mundo. Não ficando apenas na cor, mas também nos vários tipos de formato dos olhos dos animais. Veja a lista abaixo criada pelo site Listverse. Esse primata fofo se chama Tarsier, é encontrado no Sudeste de Ásia. Se alimenta de lagartos e insetos, porém, o que mais chama atenção são os seus olhos grandes, e cada um pesa mais do que o seu próprio cérebro. Os olhos dos camaleões podem ser movidos independentemente para qualquer direção, o que lhe confere aparência curiosa. Quando um camaleão vê uma presa, pode fixá-la com um olho e utilizar o outro para verificar se não há predadores nas redondezas. O encéfalo do camaleão recebe duas imagens separadas, que tem de associar. À medida que se aproxima da presa, o camaleão fixa nela ambos os olhos para poder fazer pontaria. A libélula, possivelmente o mais formidável caçador aérea entre os insetos, também tem algumas dos mais incríveis olhos do mundo animal. Eles são tão grandes que cobrem quase toda a cabeça, dando-lhe uma aparência de capacete, e um campo de 360 graus de visão.Sua visão é excelente, pois eles podem detectar cores e luz polarizada, e são particularmente sensíveis ao movimento, permitindo-lhes descobrir rapidamente alguma presa ou inimigo. EI,VOCÊ ACREDITA MESMO QUE ISSO É FORMADO APENAS AO ACASO,PELA NATUREZA?
ENCHENDO OS VASOS
O Senhor Jesus está sempre concedendo bênçãos e nem por um momento Ele retrai sua mão. Enquanto houver um vaso da graça que não está totalmente cheio, o óleo não cessará. Ele é um sol que sempre brilha. Ele é maná caindo sempre em redor do arraial. Ele é uma rocha no deserto que sempre expede rios de vida de seu lado atingido. A chuva da graça de Cristo sempre cairá. O rio da bondade de Cristo flui a todo instante, e a fonte de seu amor está transbordando permanentemente. Visto que o Rei nunca morre, a sua graça jamais pode falhar. Todos os dias, apanhamos os frutos dEle, e dia após dia os seus galhos se inclinam até às nossas mãos com um novo estoque de misericórdia. Quem já retornou das portas de Cristo sem alguma bênção? Quem já se levantou insatisfeito da mesa de Cristo, ou passou por Ele sem que fosse amado? As misericórdias de Cristo são novas cada manhã (ver Lamentações 3:23) e cada noite. Quem pode enumerar os benefícios que Deus concedeu a Jacó e descrever a quarta parte das suas misericórdias para com Israel? Como a minha alma exaltará Aquele que todos os dias nos sobrecarrega com seus benefícios e nos coroa com sua bondade, graça e misericórdia? (ver Salmos 103.4). Quem pode enumerar os benefícios do Senhor Jesus e detalhar a lista de suas bondades? Cada grão de areia, que do relógio do tempo cai, é a mais recente flor de uma miríade de misericórdias. As asas de nossas horas são cobertas com a prata de sua bondade e com o ouro de sua afeição. O rio do tempo carrega das montanhas da eternidade as areias douradas de seu favor. As inumeráveis estrelas servem como protótipo para uma hoste ainda mais inumerável de bênçãos. Que meu louvor seja tão incessante quanto a bondade do Senhor Jesus! Ó língua pecadora, como pode silenciar? Acorde, a fim de que não pare de dar-Lhe glória!

8 de fev de 2013

O ATAQUE CONTRA O MINISTÉRIO DE CRISTO


RASGAR O CORAÇÃO
Rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes.(JOEL 2.13). o rasgar de vestes e outros sinais exteriores de emoção religiosa podem ser manifestados com facilidade e, frequentemente, são hipócritas. Sentir o verdadeiro arrependimento é muito mais difícil e, consequentemente, muito menos comum. Os homens atenderão às mais diversas e minuciosas normas de cerimônias religiosas que são agradáveis à carne. Mas a verdadeira fé é bastante humilhante, perscrutadora e completa, e não atrai o gosto carnal dos homens. Alguns preferem algo mais ostentoso, superficial e mundano. Os ouvidos e olhos são satisfeitos, a presunção é alimentada, e a justiça própria é enaltecida. Todavia, eles estão enganados, porque, na hora da morte e durante todo o tempo do juízo investigativo, a pessoa necessitará de algo mais substancial do que cerimônias e rituais em que possa confiar. Oferecida sem um coração sincero, toda forma de adoração é um fingimento e uma zombaria descarada da majestade no céu. O rasgar do coração é uma obra realizada por Deus e experimentada com solenidade. E uma tristeza secreta experimentada pessoalmente, não como um ritual, e sim como uma obra profunda e constrangedora da alma, por parte do Espírito Santo, no coração de todo crente. Não é uma questão para ser meramente discutida e crida, mas para ser aguda e sensitivamente experimentada em cada filho do Deus vivo. O rasgar do coração é poderosamente humilhante e completamente purificador do pecado.

5 de fev de 2013

POSTOS À PROVA
O SENHOR põe à prova ao justo.(Salmos 11.5). Todos os acontecimentos se realizam sob os olhos atentos do Deus todo-poderoso. Conseqüentemente, nenhuma provação nos sobrevém sem o conhecimento dEle. Todas as bênçãos são potencialmente portas abertas para a provação. Homens podem se afogar em mares de prosperidade, bem como em rios de aflição. Tentações e provações espreitam em todas as estradas. Devido ao fato de que este mundo está sob o domínio de Satanás, estamos cercados de perigos. Todavia, sem permissão, nenhuma chuva cai das nuvens ameaçadoras; cada gota recebe a sua ordem, antes de descer para a terra. As provações que nos sobrevém permitem que provemos e fortaleçamos nossa fé. Por meio delas, podemos ilustrar o poder da graça divina, testar a genuinidade de nossas virtudes e fortalecer nosso vigor espiritual.
PRECISAMOS DAS PROVAÇÕES! .
Nosso Senhor, em sua infinita sabedoria e seu amor superabundante, atribui um valor tão elevado à fé de seu povo, que permite experimentem eles provações que fortalecem a sua fé. Você nunca teria possuído a fé preciosa que agora o sustenta, se sua fé não houvesse sido provada como fogo. Você nunca seria uma árvore tão bem arraigada, se o vento não o tivesse abalado, fazendo-o apropriar-se com firmeza das verdades preciosas da aliança da graça. A tranqüilidade do mundo é um grande inimigo da fé. Ela afrouxa as juntas de valor santo e destrói os tendões da coragem sagrada. Os balões não sobem, enquanto as cordas não forem cortadas. As provações realizam este serviço doloroso para a alma do crente, Enquanto o grão de trigo dorme confortavelmente em sua casca, ele é inútil ao homem. O grão de trigo precisa ser retirado de seu lugar de descanso, antes que seu valor seja conhecido. É bom que o crente seja provado, pois isso o faz enriquecer-se em relação a Deus.

2 de fev de 2013

A IGREJA
A IASD reconhece a importância do sacrifício de Cristo na cruz como o preço pago pela nossa salvação. Deus, em Seu infinito amor pelo mundo, “deu Seu Filho Unigênito para que todo aquele que nEle crê não pereça mas tenha a vida eterna” (Jo 3:16). Ele “prova o Seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5:8), e nos convida a aceitar esse sacrifício de amor, a entregar-Lhe totalmente a vida e a nascermos de novo em Cristo (Jo 3:3-15). A pessoa que passou por essa experiência com Jesus deve agora andar em “novidade de vida”, entregando-Lhe todo o seu ser e todos os aspectos de sua vida (Rm 6:1-11). “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2Co 5:17). Uma vida renovada leva o cristão a um alto padrão de comportamento através de um estilo de vida que O glorifique e que evidencie publicamente a fé e o compromisso que ele tem com Cristo Jesus. Dois ensinos bíblicos fundamentam a importância do estilo de vida para o cristão adventista: 1) a restauração da imagem de Deus no ser humano; e 2) a missão profética específica da Igreja Adventista no final dos tempos. A restauração da imagem de Deus. Segundo as Escrituras, o ser humano foi criado à “imagem e semelhança” de Deus (Gn 1:26, 27). Essa realidade foi manchada pelo pecado (Gn 3). Desde a queda, no entanto, Deus tem trabalhado pela restauração plena dessa imagem no ser humano (Rm 8:29; 1Co 15:49; 2Co 3:18; Ef 4:22-24; Cl 3:8-10) através da redenção em Cristo Jesus e da atuação do Espírito Santo na vida e mente daqueles que respondem positivamente ao Seu convite à salvação (Jo 1:12, 13; 3:3-16). Nesse processo de restauração, Deus chama Seus filhos a um reavivamento e reforma através do compromisso com a santidade. “Sede santos porque Eu sou santo” (Lv 11:44, 45; 19:2; 20:26); “sede perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste” (Mt 5:48).

26 de jan de 2013

SUAS OBRAS MOSTRAM SUA HISTÓRIA
A verdadeira piedade é avaliada pela obra realizada. A profissão não é nada; a posição também não; um caráter como o caráter de Cristo é a evidência que devemos apresentar de que Deus enviou Seu Filho ao mundo. Os que professam ser cristãos, mas não agem como Cristo agiria se estivesse em lugar deles, prejudicam grandemente a causa de Deus. Não representam devidamente a seu Salvador e ostentam um falso colorido. O verdadeiro discípulo, em cujo coração Cristo habita, revela ao mundo o amor de Cristo pela humanidade. É a mão auxiliadora de Deus. O fulgor da saúde espiritual faz vibrar todo o seu ser, ao receber ele do Salvador graça a ser comunicada a outros. A religião pura e sem mácula não é um sentimento, mas a prática de obras de amor e misericórdia. Esta religião é necessária à saúde e à felicidade. Penetra no poluído templo da alma e, com um açoite, expulsa o intruso pecaminoso. Assumindo o trono, tudo consagra com sua presença, iluminando o coração com os brilhantes raios do Sol da justiça. Abre as janelas da alma em direção ao Céu, deixando entrar o esplendor do amor de Deus. Com ela há serenidade e compostura. Aumenta o vigor físico, mental e moral, porque a atmosfera do Céu, como influência viva e atuante, inunda a alma. Cristo é formado no íntimo, a esperança da glória.
RAZÕES PARA ADORAR E SERVIR A DEUS
A razão para adorar e servir a Deus encontra-se aqui: "Porque o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia; e a sua verdade estende-se de geração a geração – (SALMOS 100.5)". Aí estão três motivos principais para servirmos ao Senhor nosso Deus. Primeiramente, Ele é bom. Ora, se eu levantasse uma bandeira e dissesse: "Esse pendão representa a causa de tudo o que é justo, correto, verdadeiro, gentil e benevolente", esperaria que muitos se alistassem a ela, enquanto todas as nações têm falado de liberdade e virtude, excelentes almas têm se encantado e se apressado à morte pela velha e grande causa. Bem, Deus é justo, correto, verdadeiro, gentil e benevolente; numa só palavra, Deus é amor, e portanto quem não Lhe serviria? Quem recusaria ser o servo de Infinita Perfeição? Cumprir as Suas leis deve sempre ser a nossa obrigação, porque essas leis são a verdadeira essência do que é correto; nenhuma delas é arbitrária, todas são as exigências de santidade imaculada e de justiça imutável. De fato, os decretos de Deus são mais do que simplesmente corretos; são bons no sentido de serem benéficos. Quando Deus diz: "Não faça isto", é somente como uma mãe que proibe seu filho de cortar os dedos num instrumento afiado, ou de comer frutas venenosas. Quando Deus diz: "Faça isto", é praticamente como uma instrução para sermos felizes, ou pelo menos para fazermos aquilo que no devido tempo levará à felicidade. As leis do Senhor nosso Deus são corretas com relação a tudo. Sejamos voltados à obediência a ELE!
A PALAVRA INFALÍVEL
Aceitamos a obrigação de pregar tudo que está na Palavra de Deus, de modo definido e distinto. Será que não há muitas pessoas que pregam sem significado claro, manuseando a Palavra de Deus de maneira enganosa? Você freqüenta o ministério deles durante anos e não sabe no que crêem. Ouvi falar de certo pastor cauteloso, a quem um ouvinte perguntou: "Qual é sua visão da expiação?". E ele respondeu: "Meu caro senhor, justamente isso, eu nunca contei a ninguém, e não vou dizer agora". Essa é uma estranha condição moral para a mente de um pregador do evangelho. Temo que ele não seja o único que tem esse tipo de relutância.Guardam suas dúvidas para o consumo caseiro. Muitos não ousam dizer no púlpito o que dizem em uma reunião particular.Isso é honesto? Hoje, temos a nossa volta uma classe de homens que pregam Cristo e até o evangelho, mas depois eles pregam muitas outras coisas que não são verdade e assim destroem todo o bem que entregam e levam os homens ao erro. Eles querem ser classificados como "evangélicos" e, na verdade, são antievangélicos. Ouvi dizer que uma raposa, quando acossada de perto pelos cães sabe fingir que é um deles e corre com a matilha. Isso é o que certos homens visam hoje: as raposas querem passar por cães. Mas no caso da raposa, seu cheiro forte a trai, e os cães logo a descobrem, do mesmo modo, o cheiro da doutrina falsa não é facilmente ocultado, e a presa não a segue por muito tempo. Há ministros que é difícil saber se são cães ou raposas; mas todos os homens devem saber de que espécie somos ao longo de nossa vida e não ter dúvida em relação àquilo que cremos e ensinamos. Não hesitemos em falar nas palavras mais robustas que possamos encontrar e nas sentenças mais claras que pudermos formar aquilo que mantemos como verdade fundamental.

Conflito Cósmico


QUAL TIPO DE MÚSICA É UM LOUVOR A DEUS?


I Convenção "Geração" - Pr. Stephen Bohr, Culto de Adoração de Sábado


Culto de Adoração de Sábado


Culto de Adoração de Sábado


25 de jan de 2013

A FÉ É PRIMEIRO NA MENTE...
A fé é o meio pelo qual a verdade ou o erro encontram abrigo na mente. É pelo mesmo ato da mente que se recebe a verdade ou o erro, mas faz grande diferença crermos na Palavra de Deus ou nos ditos dos homens. Quando Cristo Se revelou a Paulo, e este se convenceu de que estava perseguindo a Jesus na pessoa de Seus santos, aceitou ele a verdade como é em Jesus. Manifestou-se-lhe no caráter e na mente um poder transformador e ele se tornou um novo homem em Cristo Jesus. Recebeu a verdade tão plenamente que nem a Terra nem o inferno lhe poderiam abalar a fé.
Muitos há que clamam: "Crede, tão-somente crede!" Perguntai-lhes o que é que deveis crer. Devereis crer nas mentiras forjadas por Satanás contra a lei de Deus, santa, justa e boa? Deus não usa Sua grande e preciosa graça para anular a Sua lei, mas sim para estabelecê-la. Qual foi a decisão de Paulo? Diz ele: "Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum: Mas eu não conheci o pecado, senão pela lei. E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e[teve então fim o mandamento? - Não, eu,Paulo, morri. ... E assim a lei obstruindo-me diretamente o caminho da liberdade e paz? - Não, é santa! E o mandamento santo, justo e bom." Romanos. 7:7-12.
VOCÊ É O QUE DEUS VÊ!
E não há criatura que não seja manifesta na Sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos dAquele a quem temos de prestar contas. (HEBREUS 4:13). A vitória da verdade só é possível quando os filhos de Deus levam consigo a permanente percepção da presença de Deus. Sempre devem compreender que há uma testemunha fiel de toda palavra, de toda transação, na vida familiar ou entre as pessoas. Em todo plano ideado, em todo esforço feito, Cristo deve assumir a direção, Em todo concílio os membros devem falar e agir como se a cortina fosse afastada, e vissem a si mesmos efetuando negociações na presença do universo celestial. Pois este é de fato o caso; todo o Céu está olhando para nós... Ao planejar qualquer atividade,no permitamos que o nosso próprio Eu se torne proeminente; ele deve estar escondido, inteiramente escondido, em Cristo.Tudo quanto puder ser abalado, sê-lo-á, mas coisas que não puderem ser abaladas permanecerão. O Senhor requer nossas afeições não divididas. Se os homens não são sinceros, fracassarão no dia da prova e aflição e provação. Quando o inimigo dispõe suas forças em ordem de batalha contra eles, e a peleja parece ser renhida, na própria ocasião em que todo o vigor intelectual e capacidade, e todo o tato de sábia liderança, são necessários para repelir o inimigo, os que são irresolutos dirigirão suas armas contra seus próprios soldados; debilitam as mãos que deveriam ser fortes para o combate. Deus está provando todos quantos têm conhecimento da verdade para ver se é possível contar com eles para travar as batalhas do Senhor quando fortemente premidos por principados e potestades, e pelos dominadores deste mundo tenebroso e os maus espíritos nas regiões celestes. Tempos perigosos acham-se diante de nós, e nossa única segurança está em experimentar cada dia o poder convertedor de Deus - submetendo-nos inteiramente a Ele a fim de fazer Sua vontade e andar na luz de Sua presença. (I PEDRO 2:9)

9 de jan de 2013

TUDO DE CRISTO NOS PERTENCE
Um Ano Novo abre páginas virgens perante nós. O anjo relator está pronto para escrever. Vossa maneira de proceder determinará o que há de ser escrito por ele. Podeis fazer a vossa vida futura boa ou má; e isso vos determinará se o ano em que acabais de entrar vos será um Feliz Ano Novo. Compete-vos a vós torná-lo tal, tanto para vós mesmos como para os que os cercam.(The Youth's Instructor, 5 de janeiro de 1881. Que a paciência, a longanimidade, a bondade e o amor se tornem parte de vosso próprio ser; então, tudo quanto há de puro, e amável e de boa fama frutificará em vossa experiência. Os anjos de Deus estão à espera para mostrar-vos o caminho da vida. Decidi agora, no começo do ano novo, que escolhereis o caminho da justiça, que sereis diligentes e sinceros, e que a vossa vida não se demonstre um erro. Avançai, guiados pelos anjos celestiais; sede corajosos; empreendedores; deixai a vossa luz brilhar; e sejam-vos aplicáveis as palavras inspiradas: "Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, ... e já vencestes o maligno." I João 2:14. Se vos entregastes a Cristo sois um membro da família de Deus, e tudo quanto há na casa de vosso Pai vos pertence. Todos os tesouros de Deus vos estão franqueados - tanto o mundo que agora existe, como o por vir. O ministério dos anjos, o dom de Seu Espírito, as obras de Seus servos - tudo é para vós. O mundo, com tudo que nele há, pertence-vos até onde isto seja para vosso benefício. A própria inimizade do maligno se demonstrará uma bênção, na disciplina que vos proporciona para o Céu. Se vós sois de Cristo, "tudo é vosso". I Cor. 3:21. O Maior Discurso de Cristo, pág. 110.
HONESTIDADE: A GLÓRIA DE DEUS
"Aquele que perde a sua honestidade já não tem mais nada a perder." "Se você é honesto porque pensa que essa é a melhor política, sua honestidade já foi corrompida." "Não basta uma informação de como ganhar a vida simplesmente com honestidade e honra, mas que tal ato seja atraente e glorioso, pois se ganhar a vida não for atraente e glorioso não é a vida que se ganha". "Embelezai vossas línguas com veracidade, ó povo, e adornai vossas almas com o ornamento da honestidade. Guardai-vos, ó povo, de tratar qualquer um de modo traiçoeiro." Deus requer e merece honestidade. A Bíblia diz em Salmos 51:6 :"Eis que desejas que a verdade esteja no íntimo; faze-me, pois, conhecer a sabedoria no secreto da minha alma." A desonestidade causa dor e dura tanto quanto a ferida fisica. O Senhor não aprova desonestidade em transações de negócios. A Bíblia diz em Provérbios 20:23 "Pesos fraudulentos são abomináveis ao Senhor; e balanças enganosas não são boas." Seja honesto e aberto. A Bíblia diz em 1 Tessalonicenses 2:3 : "Porque a nossa exortação não procede de erro, nem de imundícia, nem é feita com dolo." Em II Coríntios 8:21 : "Pois zelamos o que é honesto, não só diante do Senhor, mas também diante dos homens." ( Alcançando Corações - Maíza Ribeiro)

8 de jan de 2013

JÁ VIVENDO AQUI COMO SE LÁ ESTIVÉSSEMOS
Santidade é sinônimo de felicidade; que nossa sabedoria consista em primeiramente buscar o reino de Deus e sua justiça. O bom começo já é meio triunfo. Começar com uma idéia veraz de bem-aventurança é importante além de toda medida. O homem começou sendo bem-aventurado em sua inocência; e se nossa raça caída visa a ser bem-aventurada outra vez, então ela deve encontrar a bem-aventurança onde ela a perdeu no prin­cípio, ou seja, conformando-se com os mandamentos do Senhor. Os impolutos em seu caminho... Estão no caminho; o caminho reto; o caminho do Senhor; e guardam o caminho, andando com santa prudência e lavando seus pés diariamente, para que não sejam envolvidos e maculados pelo contato com o mundo. Desfrutam de grande bem-aventurança em suas próprias almas; aliás, já sentem uma prelibação do céu, onde a bem-aventurança é absolutamente impossível de ser maculada; e onde poderão prosseguir plena e perfeitamente sem mancha; na verdade, devem viver já seus dias celestiais na terra...É difícil? Sim, mas com Cristo, não é impossível.Acreditemos nisso e busquemos esse alvo!
ASSOMBRO SANTO
Deixem que sua alma se perca no assombro, pois o assombro, queridos amigos, é no bom sentido, uma emoção muito prática. O santo assombro os conduzirá a uma adoração agradecida; ficando atônitos pelo que Deus tem feito, derramarão suas almas com assombro ao pé do trono de ouro com o cântico: “Ao que está assentado no trono, e ao Cordeiro, que faz estas grandes coisas por mim, seja a louvor, a honra, a glória, o poder, a majestade e o domínio.” Estando pleno desse assombro você será conduzido a uma santa vigilância; terá medo de pecar contra um Amor como esse. Sentindo a presença do poderoso Deus no dom de Seu amado Filho, tirará o calçado de seus pés, porque o lugar em que está terra santa é.
NO FOGO DA AFLIÇÃO, MAS ESCOLHIDOS DE DEUS
Ser escolhido por Deus não é algo insignificante. A escolha divina torna seletos os homens escolhidos. É melhor ser o escolhido de Deus do que o escolhido de toda uma nação. Esse privilégio é tão eminente, que aceitamos com alegria qualquer desvantagem vinculada a ele, assim como os judeus que comiam ervas amargas por amor ao Cordeiro Pascal. Nós aceitamos a fornalha das situações, visto que Deus ali nos prova. Somos escolhidos como um povo aflito e não como um povo próspero; escolhidos não no palácio e sim nas vicissitudes e nas provações. Na fornalha, a beleza é desfigurada, a aparência é destruída, a força é diluída, a glória própria é consumida. Apesar disso, na fornalha da aflição, o amor eterno revela seus segredos e declara suas escolhas. No tempo das provações mais intensas, Deus torna evidente o nosso chamado. Nessa ocasião, escolhemos o Senhor para ser o nosso Deus; Ele, por sua vez, nos mostra que certamente somos os seus eleitos. Portanto, se hoje a fornalha que foi destinada aos jovens hebreus naquela época, fosse acesa para nós também,sete vez mais quente, não a temeríamos, pois o glorioso Filho de Deus andaria conosco em meio às chamas incandescentes.
REGOZIJAR-SE AO INVÉS DE LAMENTAR-SE
Você pode encontrar alguma razão para lamentar-se, ao invés de regozijar-se? Por que dar lugar a antecipações sombrias? Quem disse que a noite nunca se findaria em um novo dia? Quem lhe disse que o inverno de seu descontentamento procederia de frio e se tornaria ainda mais frio, passando de neve, gelo e granizo para a neve profunda e para a intensa tempestade de desespero? Os dias seguem as noites; a inundação vem após a maré baixa; a primavera e o verão acontecem após o inverno. Encha-se de esperança! Deus nunca falhará! Ele o ama no meio de todas estas coisas. As montanhas, embora escondidas pelas trevas, são reais como o dia; e o amor de Deus é tão verdadeiro agora quanto o era nos momentos mais brilhantes de sua vida.Deus nos ama incondicionalmente e nas dificuldades, Ele está mais perto...
AOS QUE AMAM AS ESCRITURAS -
Bem-aventurados os impolutos em seus caminhos, que andam na lei do Senhor.(Sal 119.1). Bem-aventurados. O salmista se sente tão enlevado pela lei do Senhor, que considera como estando conformado a ela, seu mais elevado ideal de bem-aventurança. Ele está olhando admira­do para as belezas da lei perfeita; e, como se nesse versículo en­contrasse a suma e resultado de todas suas emoções, ele exclama: "Bem-aventurado é o homem cuja vida é a transcrição prática da vontade de Deus." A religião genuína não é apática nem árida; ela tem suas exclamações e alegrias. Não só julgamos ser a guarda da lei de Deus uma atitude sábia e correta, mas nos sentimos arden­temente motivados ante sua santidade, e clamamos em oração: "Bem-aventurados são os imaculados!" Significando com isso que ardentemente desejamos tornar-nos assim. Nosso desejo por felicidade não é maior que o de sermos perfeitamente santos. A religião genuína é sempre prática, pois ela não nos permite deleitar-nos numa regra perfeita sem causar em nós profundo desejo de conformar a essa regra nossa conduta diária. Uma bênção per­tence aos que ouvem, lêem e entendem a Palavra do Senhor; não obstante, uma bênção ainda maior advém da real obediência a ela e concretiza em nosso andar e conversação o que aprendemos em nosso exame das Escrituras. A mais genuína bem-aventurança consiste na pureza de nosso caminho e de nossa caminhada.

4 de jan de 2013

NASCIDOS DE NOVO
A isto respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. João 3:3. "Venha o Teu reino, faça-se a Tua vontade, assim na Terra como no Céu." Toda a vida de Cristo sobre a Terra foi vivida com a finalidade de manifestar a vontade de Deus na Terra como é no Céu. Cristo disse: "Se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito." (João 3:3-6). Cristo não reconhece nenhuma casta, cor ou grau como necessários para que alguém se torne súdito de Seu reino. A admissão ao Seu reino não depende de riqueza ou de superior hereditariedade. Mas os que nasceram do Espírito são súditos de Seu reino. É o caráter espiritual que será reconhecido por Cristo. O Seu reino não é deste mundo. Seus súditos são os que participam da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo. E esta graça lhes é dada por Deus. Cristo não encontra súditos já habilitados para o Seu reino, mas Ele os qualifica pelo Seu divino poder. As faculdades que Deus lhes deu para santos propósitos são aprimoradas, purificadas e elevadas, e eles são levados a formar caráter segundo a semelhança divina. Embora tenham usado mal seus talentos e feito com que servissem ao pecado; embora Cristo tenha sido para eles uma pedra de tropeço e rocha de ofensa, porque tropeçavam na Palavra, sendo desobedientes, pela atratividade de Seu amor são afinal conduzidos ao caminho do dever. Cristo disse: "Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância." (João 10:10). Cristo os atrai para Si por um poder invisível. Ele é a Luz da Vida, e os inspira com o Seu próprio Espírito.
O SILENCIO É A MELHOR RESPOSTA
"Jesus não respondeu nem uma palavra." Mateus 27.14 Ele nunca foi lento de palavra quando pôde abençoar os filhos dos homens, mas não dizia uma única palavra em favor de si mesmo. "Jamais alguém falou como este homem" (João 7.46), e nunca um homem silenciou como Ele. Foi aquele silêncio singular o indicador de seu perfeito auto-sacrifício? Mostrou isso que Ele não diria uma palavra para sustar a matança de sua pessoa sagrada, que havia dedicado como uma oferenda por nós? Rendeu-se Ele tão inteiramente que não interferiu em seu próprio favor, ainda que em mínima parcela, mas foi determinado ao deixar-se matar como vítima passiva e silenciosa? Foi aquele silêncio um tipo de abandono do pecado? Nada pode ser dito em dissimulação ou escusa da culpa humana; portanto, Ele que suportou todo o seu peso permaneceu mudo diante de seu julgamento. Não é o silêncio paciente a melhor resposta a um mundo contraditório? A calma resignação responde a algumas perguntas infinitamente mais conclusivas do que a eloqüência mais imponente. Os melhores apologistas do cristianismo nos seus tempos iniciais foram seus mártires. A bigorna quebra uma multidão de martelos por suportar passivamente seus golpes. Não tinha o silente Cordeiro de Deus propiciado a nós um grande exemplo de sabedoria? Onde cada palavra era ocasião para uma nova blasfêmia, era a linha do dever não suprir mais combustível para a chama do pecado. O ambíguo e o falso, o indigno e o desprezível, logo vão arruinar-se, frustrar-se, e, portanto, a verdade pode permitir-se ficar calada e achar que o silêncio é sua sabedoria.
TODA A ESCRITURA É DIVINAMENTE INSPIRADA .
A lei do Senhor é perfeita; (Salmos 19.7) A referência não é somente à lei de Moisés mas à doutrina de Deus, a todo o conjunto de instruções da Sagrada Escritura. A doutrina revelada por Deus é declarada perfeita, e observe-se que Davi tinha apenas uma pequena parte das Escrituras. Se um fragmento da porção mais obscura e histórica já é perfeito, o que dizer do volume inteiro? Muito mais do que perfeito é o livro que contém a demonstração mais evidente do amor divino, e nos abre a visão da graça redentora. O evangelho é um plano completo ou lei da salvação pela graça; ele apresenta ao pecador tudo o que este precisa para suprir suas terríveis necessidades. Na Palavra de Deus e no plano da graça não há redundâncias nem omissões; por que, então, pintar os lírios que já têm sua cor e dourar o ouro que já foi refinado? O evangelho é perfeito em todas as suas partes, e perfeito como um todo: é crime acrescentar, traição alterar e perfídia retirar algo dele. E restaura a alma. Ela faz o homem retornar ou ser recuperado para o lugar de onde o pecado o expulsara. O efeito prático da Palavra de Deus - a Bíblia - é fazer o homem voltar-se para si mesmo, para Deus e para a santidade, e a volta ou conversão não é apenas exterior; a alma é tocada e renovada. O maior agente da conversão do pecador é a Palavra de Deus, e quanto mais próximos nos conservamos dela em nosso ministério, tanto maior a possibilidade de sucesso. E a palavra de Deus, e não a interpretação humana dela, que exerce poder sobre as almas. Tente convencer a natureza corrupta do homem com filosofias e raciocínios; ele sorrirá dos seus esforços, mas a Palavra de Deus logo opera uma transformação