29 de ago de 2010

O DINHEIRO

É interessante o quanto a Bíblia fala a cerca do dinheiro. Ela nos diz que o amor ao dinheiro é a raiz, a fonte de todos os males. Não o próprio dinheiro em si, mas o amor, o apego a ele. Quantos casamentos desfeitos! Quantas vidas presas! Quanta vergonha na política! Tudo por causa do amor ao dinheiro. É muito interessante o que o sábio Salomão disse acerca desse tema. Veja em Pv. 3.7 – “Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério para os teus ossos. Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.” Agora veja Pv. 7.4 – “O princípio da sabedoria é: Adquire a sabedoria; sim, com tudo que possuis adquire o entendimento. Amigos, isso ainda não funciona 100 % pra mim, viu? Mas vale a pena repassar: * Façam uma espécie de contabilidade do casal e analisem juntos, o que entra e o que sai todo mês; Não é preciso enlouquecer se o orçamento não for cumprido, mas é importante saber o valor médio dos gastos. *Ainda que um só trabalhe e as contas sejam separadas,procurem tomar as decisões em conjunto; *Um gasta e o outro economiza? Entrem em um acordo e definam as prioridades; *Voces já tem ou pretendem ter filhos?O orçamento muda radicalmente depois que chegam as crianças; *Quem ganha mais,paga mais...Casamento e egoísmo não combinam; *Se tiverem contas separadas, compartilhem as informações financeiras.Se optarem pela conta conjunta, A maioria de voces já faz isso,mas sempre é bom lembrar, porque com o passar dos anos,a gente tem a tendência de esquecer estes acordos e a vida vira uma competição de quem ganha mais e quem gasta menos... Portanto,administrar bem é dialogar sempre! Quando Deus está no controle de nossas vidas,o dinheiro é sempre uma bênção!

27 de ago de 2010

AMITIÉS

"Un frère offensé dure plus d'une forteresse, ses arguments sont verrous d'un palais." . J'aime la version actuelle Nouvelle traduction anglaise.Là, ce verset dit: "Il est plus difficile de regagner l'amitié d'un ami offensé que pour capturer une forteresse; discussions ruine amitiés." La vie peut être facile. Nous, humains, compliquent. Si vous faites une enquête et une analyse de 25 entretiens récents qu'il avait au travail, à la maison, à l'école ou dans la rue, vous voyez que la plupart auraient pu être évités. Le conseil divin est la suivante: Ne vous disputez pas pour des motifs futiles, ne perdez pas des amitiés précieuses en disant des paroles de colère dans un moment de colère.Contrôler votre esprit, votre cœur et votre bouche et vous serez plus heureux. Le livre des Proverbes est une sorte de code moral de conduite. Si vous regardez dans la perspective de l'ensemble, les Proverbes est juste une description de la façon d'amener les gens sages. Les principes de la vie montré par Salomon de ne pas être vécu à la base de l'obligation.Rien dans la Bible est nécessaire. Le thème central, avec le salut, c'est la liberté.En Jésus, vous trouverez le pouvoir de vivre volontairement les principes qu'il met dans mon cœur. Vous êtes libre. Le choix est à vous. La manière rationnelle de la vie qui offre des Proverbes est le résultat naturel de quelque chose qui se passe à l'intérieur de vous. Tout en reconnaissant ses limites en tant que créature et va dans l'attitude humble de Jésus et Sa Parole avec le désir d'apprendre, vous gagnez. Assurez aujourd'hui une journée de sages décisions et des actions productives. Prenez soin de votre esprit, votre cœur et de prendre soin aussi de ses paroles. Valeur des amitiés, pas de déchets en raison des arguments stupides. Si, pour quelque raison vous vous sentez rejeté, levez la tête, maintenez le bras puissant du Père et de continuer. Seuls vraiment vaincu tous ceux qui cessent les combats.

AMIZADES

"O irmão ofendido resiste mais que uma fortaleza; suas contendas são ferrolhos de um castelo." Prov. 18:19. Gosto da versão Nova Tradução na Linguagem de Hoje. Lá, este verso diz assim: "É mais difícil ganhar de novo a amizade de um amigo ofendido do que conquistar uma fortaleza; as discussões estragam as amizades." A vida pode ser fácil. Nós, seres humanos, a complicamos. Se você fizer um levantamento e análise das últimas 25 discussões que teve no trabalho, em casa, na escola ou na rua, verá que a maioria poderia ter sido evitada. O conselho divino é: não discuta por motivos banais, não perca amizades valiosas por dizer palavras agressivas num momento de raiva. Controle sua mente, seu coração e sua boca e você será mais feliz. Você pode destruir a amizade de toda uma vida num instante. Recuperá-la será difícil. O livro de Provérbios é uma espécie de código moral de conduta. Fora do contexto, poderia ser visto desse modo. Se analisar na perspectiva do todo, Provérbios é apenas a descrição da maneira como se conduzem as pessoas sábias. Os princípios de vida apresentados por Salomão não são para serem vividos na base da obrigação. Nada na Bíblia é obrigatório. O tema central, junto à salvação, é a liberdade. Em Jesus você encontra o poder necessário para viver voluntariamente os princípios que Ele coloca no coração. Você é livre. A escolha é sua. O modo sábio de viver que Provérbios apresenta é o resultado natural de algo que acontece dentro de você. Quando reconhece as suas limitações de criatura e vai em atitude humilde a Jesus e à Sua Palavra com o desejo de aprender, você ganha. Faça de hoje um dia de decisões sábias e ações produtivas. Cuide de sua mente, de seu coração e cuide também de suas palavras. Valorize as amizades, não as desperdice por causa de discussões tolas. Se por algum motivo você sentir-se derrotado, levante a cabeça, segure o braço poderoso do Pai e continue em frente. Só é realmente derrotado quem pára de lutar. Ah, e não se esqueça: "O irmão ofendido resiste mais que uma fortaleza; suas contendas são ferrolhos de um castelo." Alejandro Bullón http://www.ministeriobullon.com

18 de ago de 2010

PREPARO PARA RECEBER O BEM

"Ao insensato não convém a vida regalada, quanto menos ao escravo dominar os príncipes!" Prov. 19:10. O texto de hoje mostra as dificuldades do insensato para valorizar o que tem. Se tem abundância, não sabe aproveitar. Desperdiça, gasta mal e, em pouco tempo, descobre que não lhe resta nada. É como o escravo que de repente vira príncipe. Como governar se nunca se preparou para isso? Outro dia, a Polícia Federal descobriu um jovem de apenas dezoito anos, estagiário de um setor de segurança social, que criara um sistema através do qual retirava centavos de cada aposentado, sem que ninguém soubesse. A soma total era fabulosa e ia parar no seu bolso. Nunca teriam descoberto o jovem delinqüente se ele não começasse a andar, de um dia para outro, com roupas de grifes, carros importados, esbanjando dinheiro com os amigos e vivendo um ritmo de vida incompatível com os duzentos dólares de salário. O verso de hoje descreve esse inteligente, porém insensato, personagem. O tolo não valoriza o que tem. Como você administra o que recebe das mãos de Deus? Não apenas as coisas materiais, mas também sentimentos, admiração, amor e o respeito que conquistou? Quantas vezes converso com esposos tristes por terem perdido a família. Prometem um mundo de compreensão e carinho se a esposa os aceitasse de volta. A maioria delas responde: "Ele teve anos para fazer isso e não soube aproveitar." Por que será que os seres humanos valorizam as pessoas depois que as perdem? Você não percebe a importância de cuidar do corpo até que o médico diz que sua situação é delicada. Não valoriza o momento em que seus filhos são crianças até que chega o dia em que eles crescem e não querem mais brincar com você. Faça de hoje um dia de valorização das pequenas ou grandes bênçãos que recebeu de Deus. Valorize pessoas. Seja grato por tudo, e seja feliz.

17 de ago de 2010

O QUE É SER REALMENTE UM CRISTÃO?

"Pois Tu não és Deus que Se agrade com a iniqüidade, e contigo não subsiste o mal." Sal. 5:4. O melhor argumento em favor do cristianismo é a vida do cristão. Ninguém pode contestar o argumento de uma vida transformada. Por outro lado, o maior descrédito do cristianismo é a incoerência da pessoa que aceitou a teoria do ensinamento evangélico, mas não permitiu que a mensagem se tornasse realidade na sua experiência diária. O cristianismo de fachada é tolo e prejudicial por dois motivos: o primeiro deles é que Deus conhece tudo e não pode ser enganado. Seus olhos contemplam os rincões mais escuros do coração. Podemos argumentar e discutir. Podemos repetir nossas explicações a ponto de acreditar nas mentiras que inventamos. Mas existe Alguém que sabe tudo, e diante dEle até os pensamentos mais íntimos são expostos. Esse Deus, segundo o salmista, é Deus que não "Se agrada com a iniqüidade". Portanto, "aparentar" ser cristão, para quê? Qual é a vantagem? O respeito dos demais? A opinião alheia? O reconhecimento público? Nada tem sentido, você percebe? O Deus que tudo vê "não Se agrada com a iniqüidade". No aspecto da aprovação divina: zero. Mas isso não é tudo. Existe mais um motivo por que o viver somente a "aparência" do cristianismo é tolice e agride a própria natureza humana. Explico: A entrada do pecado neste mundo trouxe a morte, acompanhada de seu séquito de coisas nocivas, como a inveja, o crime, o egoísmo, a cobiça, a mentira, a hipocrisia e outras. Mas o ser humano foi criado com vocação para a vida, e a vida também traz suas virtudes: honestidade, verdade, sinceridade, enfim. Sendo assim, cada vez que o ser humano pratica a hipocrisia, a mentira, ou vive apenas a fachada daquilo que crê, violenta a si mesmo, se destrói, fere seu mundo interior a ponto de sangrar. Ele pode não ver o sangue, mas sente suas conseqüências nas diferentes áreas de sua experiência. Por isso, hoje, peça a Deus o poder e a graça que só Ele pode dar, para viver uma vida de coerência. E lembre-se: "Pois Tu não és Deus que Se agrade com a iniqüidade, e contigo não subsiste o mal." (Alejandro Bullón --http://www.ministeriobullon.com)

14 de ago de 2010

O PECADO E O REMÉDIO

Faz anos, um jovem, Caryl Chessman, foi culpado de um crime de homicídio e condenado à morte na cadeira elétrica. Naturalmente, não queria morrer. Através de anos susteve uma luta obstinada por sua vida. Adquiriu vários livros de leis e estudou como nunca dantes. Sua própria vida dependia de sua habilidade em descobrir algum meio de escape da pena de morte, ou, pelo menos, adiar a execução da sentença. Tentou uma manobra legal após outra, no empenho de adiar o mais possível o dia fatal em que perderia a vida. Por meses e anos logrou deter o processo. Durante esse período de espera teve mesmo tempo para escrever um livro em que conta sua história e a razão pela qual julgava dever ser liberto. Afinal formulou o apelo, mas este foi indeferido. Expirara sua última oportunidade de alcançar o perdão. Não havia mais esperança! Até ao derradeiro momento agarrara-se ao tênue fio da esperança de que seria salvo. Mas tudo falhou, e foi executado. Os tribunais declararam-no culpado e agora o Estado executada a sentença. Ao pensarmos nesse homem, lutando desesperadamente para conseguir mais umas horas de vida, lembramo-nos do empenho do pecador sem Cristo. Quando cometemos o primeiro ato mau, fizemo-nos passíveis da pena de morte. Se não recebermos misericórdia e não formos perdoados, não só passaremos pela primeira morte, mas seremos consumidos no lago de fogo, no final da história deste mundo. A isto chama a Bíblia a segunda morte. É muito preciosa a vida, e o homem fará quase qualquer coisa para procurar prolongar esses poucos e breves anos que lhe são concedidos. Quando pensamos na eternidade, sem dor, nem tristeza nem morte, quanto mais ansiosos deveríamos estar para assegurar-nos de que não havemos de perder a vida eterna! Se toda pessoa se empenhasse com tanto fervor na busca da vida eterna, como Chessman se empenhou por prolongar sua vida na Terra, muito mais pessoas se salvariam quando Cristo voltar.

12 de ago de 2010

MAIZA PROFECIAS TEMPO DO FIM Parte 1

GUARDA O TEU CORAÇÃO!

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." Prov. 4:23. A discussão daquele casal na porta do avião chamou a atenção de todos os passageiros. Ninguém entendia nada. Eles discutiam em espanhol, em pleno aeroporto de Sheremetevo, em Moscou. Quase partiram para a agressão. O curioso é que eles apresentaram os documentos no setor de migrações. Foi no curto percurso até o avião que os passaportes desapareceram. Resultado: Não puderam embarcar e o vôo saiu atrasado. Um passaporte mal guardado criou tanto tumulto, demora e prejuízo. O provérbio de hoje diz: "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração." O coração é vital. A vida termina quando ele pára de bater. Mas não é do aspecto físico que o texto trata, é do coração como a fonte dos valores. Uma vida sem valores é uma vida sem sentido. Quando o coração está enfermo, seus valores são enfermos. Inverte-se tudo e tenta-se justificar as atitudes mais absurdas. Todos os dias, peço a Deus para guardar o meu coração, porque sinto os ataques do inimigo para poluir a fonte de minha alma. Confesso que alguma vez fraquejei e o meu coração foi atingido. Senti minha vida escapar e me vi lutando, sem forças, para permanecer em pé. Nessas horas, como é bom saber que quem guarda o coração é Deus. Sem Ele, a autodisciplina, a cultura, o domínio próprio e o moralismo não conseguem defender a cidadela interior. E de que vale fingir que tudo anda bem, fazer de conta que sou bom, se lá dentro as águas estão envenenadas? Naquele dia, o vôo da Air France, de Moscou para Paris, partiu sem dois passageiros. Tinham feito o check-in, estavam com o cartão de embarque na mão, mas não tinham guardado os passaportes. Tremo só de pensar que um dia o Senhor Jesus queira ver o passaporte do meu coração e eu descubra que não o guardei. Toda minha vida de atividades espirituais em favor de tanta gente terá sido em vão, ficarei com todas essas obras na mão, sem poder receber as boas-vindas de Jesus. Perdi o passaporte e também a viagem. Antes de iniciar as atividades do dia, questione. Como está o seu coração? Quais são suas motivações? Está certo de que a medida que vai tomar hoje provém de um coração puro? "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida", ou da morte...

O QUE NOS APROXIMA E O QUE NOS AFASTA DE NOSSO DEUS

2. Perde-se o senso das coisas eternas
A estratégia de Satanás “Satanás... sabe que as pessoas que têm hábitos errôneos e corpo doente, não podem servir a Deus tão resoluta, perseverante e puramente como se fossem sãos. Um corpo doente afeta o cérebro. Com a mente servimos ao Senhor. A cabeça é a capital do corpo.” – Spiritual Gifts, vol. 4, pág. 146*** O cérebro é a “antena” que nos conecta a Deus. Estudos científicos mostram que o lóbulo frontal é a base da:Espiritualidade ; Moralidade; Vontade. Esse é o alvo do inimigo. O mais forte poder *** “Satanás está constantemente alerta, para submeter a humanidade inteiramente ao seu controle. Seu mais forte poder sobre o homem exerce-se através do apetite, e este procura ele estimular de todos os modos possíveis.” – Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 150. Conseqüências de um apetite pervertido1. Desequilibra a mente “Mediante a satisfação do paladar, o sistema nervoso torna-se irritado e debilita-se o poder do cérebro, tornando impossível pensar calma e racionalmente. Desequilibra-se a mente.” – Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 151 “O Redentor do mundo sabia que a condescendência com o apetite traria debilidade física, adormecendo órgãos perceptivos de maneira que se não discerniriam as coisas sagradas e eternas.” – Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 54 3. Separação de Deus“Muitos, por sua condescendência com o apetite, separam-se de Deus.” – Conselhos Sobre o Regime Alimentar, pág. 159

Doug Batchelor

REFLITAMOS

11 de ago de 2010

NOSSO TEMPO

"Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento." Prov. 14:7. Muitos conselhos de Salomão podem parecer preconceituosos. Dão a impressão de que os sábios devem olhar para os insensatos como se tivessem alguma doença contagiosa e passar longe deles. O verso de hoje poderia ser visto desse modo. "Foge da presença do insensato", afirma Salomão. O homem ou a mulher que segue os conselhos divinos não pode tornar-se uma ilha, um ermitão ou formar um grupo exclusivista. Jesus disse: "Vós sois o sal da terra." Mat. 5:13. O sal tem que se misturar com os alimentos que o rodeiam para dar sabor. Não pode cumprir a sua missão guardado na prateleira. Portanto, encontramos aqui uma aparente contradição bíblica. Jesus afirma uma coisa, enquanto Salomão afirma outra. É assim? Não. Jesus está falando da missão. Salomão, do preparo para o cumprimento da missão. Em outra ocasião, Jesus pediu ao Seu Pai, referindo-se a nós: "Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal." João 17:15. Essa declaração de Jesus explica a aparente contradição. Precisamos viver entre as pessoas, precisamos amá-las e ser companheiros delas em todos os momentos e circunstâncias do cotidiano, mas isso não envolve participar das atividades onde são ditas ou são feitas coisas que não edificam. O conselho do sábio hoje, numa linguagem simples, é: "Fique longe de pessoas que começam a falar tolices porque, em reuniões dessa natureza, você não tem nada a aprender." O tempo é um dom valioso. Um dia, teremos que prestar conta da maneira como o usamos. Se você contabilizasse as horas que são desperdiçadas em conversas que não edificam, e que podem até destruir seus valores, você veria que lata vazia faz muito barulho, mas infelizmente não contribui para nada. Fuja de conversas desse tipo. Uma pessoa sábia usa o tempo para construir, não para destruir. Faça de hoje um dia de atenção aos outros. As pessoas não estão interessadas em saber quem você é ou quanto você sabe, a não ser que você se importe com elas. Você só conseguirá isso, se tiver o amor de Cristo no coração. Tenha um dia feliz. E não se esqueça: "Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento."

10 de ago de 2010

INEXPLICÁVEL

Parece ser assim, tão simples de falar***** Um tema tão comum de se escutar***** Quero te contar do amor de Deus, mas não sei por onde começar**** É tão profundo, intenso, imenso e é por mim**** Extravagante, infinito, e é por ti @@@@@ Todo o mal que eu fiz não pôde me afastar do amor de Deus por mim, pra me salvar **** O eterno amor morreu, na cruz, pra viver completo, eternamente em mim **** Por amor entrega-se para morrer, por amor transforma-me num novo ser **** Incondicional amor de Deus, louco pra pulsar junto ao teu coração @@@@ Eu não sei te explicar...***** Canções que já cantei, poemas que já li...**** E as tentativas que eu já vi não vão compreender, **** Não sabem descrever o amor que Ele é, e tem por mim,**** Que dá a vida pra morrer no meu lugar, tem um amor inexplicável a me amar **** E de tal maneira pelo amor ele me dá, tenho salvação em sua luz!

REAVIVAMENTO

AMIGOS, PRECISAMOS DE REAVIVAMENTO!PRECISAMOS DESPERTAR... PRECISAMOS SAIR... SAIR E PREGAR A PALAVRA DO SENHOR!

MAIOR QUE TUDO

8 de ago de 2010

ACUMULAR RIQUEZAS...RIQUEZAS PRA QUE?

"Na verdade, todo homem anda qual uma sombra; na verdade, em vão se inquieta, amontoa riquezas, e não sabe quem as levará" (Salmos 39:6). Você já viu uma lápide com um "$" escrito sobre ela? Eu nunca vi. Conhecemos centenas de pessoas que viveram ou ainda vivem com um único propósito: acumular riquezas. Porém, não conhecemos ninguém que deseje que o juízo final para sua vida seja baseado naquilo que ele conseguiu ganhar. As pessoas desejam que, em seu obituário, todos possam ler a respeito de sua vida a serviço da humanidade e não um balancete de sua riqueza. Qual tem sido a nossa meta para uma vida vitoriosa e feliz? Ganhar muito dinheiro? Parece que nos últimos dias tem aumentado o número de pessoas que se aplicam apenas a isso. Até uma grande parte de nossas igrejas tem enfatizado a "benção de ficar rico". Nos programas de televisão ou de rádio, os testemunhos dizem apenas isso: "Eu agora tenho dinheiro, tenho empresas, tenho carros, tenho..." e Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, que entregou Sua vida por nós em uma cruz, não é citado uma vez sequer. Seria essa a grande bênção a alcançar para nossas vidas espirituais? Seria esse o caminho da vida abundante e eterna? Foi para isso que o Senhor nos salvou? Ser um vencedor não significa ter um grande patrimônio financeiro. Ter uma vida abençoada não implica em aumentar a conta bancária. Melhor que todo o ouro e prata deste mundo é estar feliz diante do altar de Deus, é ter a certeza de que Ele caminha ao nosso lado e que jamais nos abandonará, é poder deitar e descansar tranquilamente. Ele nos prometeu suprir as necessidades, não seria isso o bastante? E se Ele quiser nos dar muito dinheiro, glórias a Ele. Estaremos muito alegres, não apenas pelo dinheiro em si, mas, pela bênção do Senhor ter desejado no-lo dar. No dia em que o Senhor vier nos buscar, não lhe mostraremos o extrato de nossas contas, mas os nossos corações, cheios de amor, de bondade, do prazer de poder seguir com Ele para as mansões celestiais.Eu creio nisso... e você?

6 de ago de 2010

TODOS OS CAMINHOS LEVAM ...

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" (João 14:6). Foi perguntado a um monge budista, no Ceilão, que conhecia tanto o Cristianismo como o Budismo, qual ele achava ser a diferença entre as duas religiões. Ele respondeu: "existe muitas coisas boas em cada uma delas, e, provavelmente, em todas as outras religiões. Mas, para mim, o que parece ser a maior diferença é que vocês, cristãos, sabem o que é certo e têm poder para fazê-lo. Nós, budistas, sabemos o que é certo, mas, não temos tal poder". Isto é verdade, porque nenhuma outra religião tem como fundador, Deus, que se tornou homem, e que ao tornar-se homem encarnou a graça e a verdade de Deus. Quando Cristo, então, entra em nossa vida, nós ficamos cheios de graça e verdade. Não é a nossa graça e verdade, mas, dEle, para poder habitar em nós. É maravilhoso saber que somos filhos de Deus. Ele nos ama, nos perdoa, nos protege e nos guia pelo caminho da verdade e da felicidade. Em Sua presença estamos sempre alegres e, pela Sua graça, sabemos o que é certo e errado, podendo, assim, trilhar caminhos apenas de bênçãos. O nosso Deus é verdadeiro, e, o mais importante, está vivo. Ele ressuscitou para nos conduzir à vida eterna. Ele venceu a morte para que nós também a vencêssemos. Ele derrotou o pecado para que nós, seus discípulos, pudéssemos também derrotá-lo. Tudo é possível para Ele e tudo é possível para nós, que cremos plenamente nEle. Jesus, nosso Senhor e Salvador, é o Caminho. Não um caminho alternativo ou opcional, mas, o verdadeiro e único caminho. Dizem, popularmente, que "todos os caminhos levam à venda". É possível que o ditado esteja correto, mas, não pode ser aplicado à salvação e ao Céu de glória. Os outros caminhos podem levar o homem a vários lugares, mas, só o Senhor é o Caminho para a vida eterna. Para onde você deseja seguir: para a venda ou para o Céu?

3 de ago de 2010

C. H. SPURGEON - AVALIE O PREÇO - REFLEXÃO

Houve época em que o simples fato de optar pela religião evangélica equivalia a colocar a cabeça a prêmio. No século XV, Carlos V, o imperador espanhol, queimou milhares de evangélicos em praça pública. Seu filho, Filipe II, vangloriava-se de ter eliminado dos países baixos da Europa cerca de 18 mil "hereges protestantes". Para fugir da perseguição implacável, outros milhares de cristãos foram para a Inglaterra. Dentre eles, estava a família de Charles Haddon Spurgeon, o homem que se tornaria um dos maiores pregadores da história da igreja - O Príncipe dos Pregadores.