1 de mai de 2010

A JUSTIÇA DE CRISTO SOBRE NÓS

Todos estão jogando a partida da vida.O inimigo de nossas almas está bem ciente de que se ele puder excluir o amor e a fé, e preencher seu lugar com egoísmo e incredulidade, todos os valiosos traços remanescentes serão logo habilmente retirados e o jogo estará perdido. O amor é a essência e a maior súmula da lei, o supremo princípio guiador de uma vida convertida, semelhante à de CRISTO.Sem amor não há cristianismo, pois o apóstolo diz:"Aquele que não ama,não conhece a Deus,porque DEUS É AMOR.I João 4:8.A única forma de ter amor é apropriar-se de sua fonte bendita:Cristo Jesus. A fé, por sua vez, junto com o amor, nos permite viver constantemente na plácida atmosfera do Céu.É um princípio ativo que se manifesta na vida por meio de uma obediência voluntária aos mandamentos do Senhor. Diz Isaías, o profeta:"Todos nós somos como o imundo,e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia".Coisa alguma que o homem faça para ganhar o favor de Deus tem valor algum.Os únicos méritos que o homem pode invocar, são os méritos de Cristo, que sempre está disposto a lançar seu sobre nós o manto de Sua perfeita justiça. "Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegra no meu Deus,porque me vestiu de vestes de salvação, me cobriu com o manto de justiça".Isaías 61:10.

Nenhum comentário: