31 de mar de 2011

VIDA ETERNA SOMENTE ATRAVÉS DE CRISTO

Conhecendo,lendo atentamente e com mansidão a Bíblia,verificamos que a doutrina espírita é, essencialmente, rebelião contra Deus.Nega a santidade e o poder de Jesus de Criador e Doador da vida, colocando ao homem a possibilidade de não depender da volta de Cristo para ter a vida eterna.Pois se cada pessoa for dona de seu destino, se ao morrer puder ir para outras dimensões cósmicas e evoluir espiritualmente, não precisará de Cristo.Então Jesus teria morrido em vão e seu sacrifício não teria tido valor.Tampouco,o que viria fazer aqui na Terra? E quanto à Sua promessa de voltar,seria mentirosa? Muitas pessoas sinceras e de boa fé são atraídas a esta doutrina com alguma promessa de riqueza material, fama, poder, felicidade,imortalidade da alma, ou conhecimento especial. Quando alguém se afasta de Deus, seguindo por esse caminho, acaba em um estado de escuridão. As forças espirituais por trás do espiritismo estão elas próprias acorrentadas nas trevas e na rebelião contra Deus (2 Pedro 2:4), então é natural que quem entre no seu território também fique acorrentado à escuridão. Isto leva a um estado ilusório, onde as pessoas acreditam que o certo é errado e o errado é certo (Isaías 5:20); elas pensam que podem viver como querem e,que terão outras chances de reencarnarem e voltarem, assim evoluindo até a perfeição, reencarnando e voltando a este mundo,sem serem julgados e não acreditando na mortalidade do homem.Acreditam que podem driblar a morte e o julgamento final (Isaías 28:15-18). Mas a hora do juízo virá, de repente diante de seus olhos. Então, será demasiado tarde para se escapar da destruição.Precisamos estudar com cuidado o que as Escrituras dizem sobre os enganos do tempo do fim para que não fiquemos presos na sua rede. A estrada larga pode parecer atraente, mas falta a companhia vital de Cristo, que deu a Sua vida e derramou Seu sangue pelos pecadores. Ele trilhou o caminho estreito, que não promete riqueza, fama ou poder, mas, no entanto, leva a uma cidade eterna, após a Sua vinda novamente a esta Terra,resgatando os que lhe forem fiéis da sepultura, e arrebatando os que estiverem vivos e forem Seus, da morte eterna.Terão então direito a uma recompensa incalculável.O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna (Romanos 6:23), é isso que oferece o caminho estreito, companheirismo com Deus e uma existência eterna no Paraíso. (Apocalipse 21:3-4).

Nenhum comentário: