11 de abr de 2011

PODE-SE CONFIAR EM NOSSO CORAÇÃO?

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso...". Jeremias 17.9. Quase todos os homens cuidam para que o engano não os acometam, mas eles não sabem que é do seu próprio coração que provém o maior engano. Jesus confirma isto quando diz: "Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem" Marcos 7.21-23. No texto de Jeremias que iniciamos, Deus nos ensina que o coração do homem pecador é enganoso, mais do que todas as coisas. Há muito engano, mas o maior deles é o próprio engano do coração do homem. Deus ainda continua: "e perverso". Essa palavra confirma que jamais o homem pecador pode decidir pela verdade, pelo certo. A sua decisão será sempre perversa, corrupta, contra a vontade de Deus. O texto ainda continua dizendo: "quem o conhecerá?". O homem por si só não pode discernir esse engano no seu coração, porque o engano o domina. Somente Deus que esquadrinha o coração e prova a mente,pode. Por isso é que em toda a Sua Palavra, ele diz ao homem que ele precisa de um coração novo, e essa é a sua promessa: "Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei. E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis" Ezequiel 36.26-27.

Nenhum comentário: