1 de mai de 2011

CARRREGANDO A CRUZ...

Uma velha lenda germânica nos fala de um homem que ia pelo caminho da vida levando aos ombros pesada cruz de ferro. Uma noite ele orou fervorosamente para que sua cruz lhe fosse tirada e substituída por uma cruz de rosas.Estava ele certo que lhe seria muito mais agradável conduzir uma cruz de rosas do que a sua pesada cruz de ferro.Sabia que devia levar alguma cruz,pois quem nesta vida não leva semelhante fardo? Contudo, se a cruz de ferro fosse permutada por uma de rosas, haveria de ser melhor. Ao despertar na manhã seguinte ele encontrou uma cruz de rosas posta aos seus ombros,e reiniciou seu caminho com grande alívio.Quão mais agradável era a fragrância das rosas do que o mortal peso de ferro!Mas logo ele começou a sentir que com as rosas vieram também alguns espinhos; e antes que tivesse caminhado muito,os espinhos começaram a ferir-lhe a carne impiedosamente.Muito antes do entardecer já o sangue lhe escorria livremente do corpo onde os espinhos picavam.Impossibilitado de ir mais longe com tão doloroso fardo, ele orou de novo:”Oh, Senhor,vejo que não sou capaz de levar uma cruz de rosas.Ela é pior mesmo que a cruz de ferro, mas concede, em Tua infinita bondade, que eu tenha uma cruz de ouro para levar;esta sei que irei levar com alegria e leveza.” Ao despertar na manhã seguinte, viu que sua oração tinha de novo sido atendida e saiu lépido pela estrada afora,sua cruz de ouro luzindo aos raios do sol matinal.Mas não havia ele ido muito longe quando caiu entre ladrões que o assaltaram e lhe bateram.Eles lhe roubaram a cruzde ouro e deixaram-no como morto, ao lado da estrada.Quando muitas horas mais tarde ele readquiriu a consciência , orou em soluços: “Misericordioso Pai, dá-me a minha cruz de ferro! Pois compreendo agora que é a única que posso levar.” Assim é a vida. Pensamos que se nossa sorte e posição fossem mudadas tudo seria melhor para nós.Olhamos para nossos amigos e vizinhos, e sentimos que a cruz que nos foi dado a levar é muito mais pesada que a deles.Se tão somente pudéssemos mudar a velha cruz de ferro de nossa experiência pela formosa cruz de rosas de nosso próximo,quão mais contentes viveríamos!Mas feita a mudança,verificamos para nosso pesar que cruzes de rosas muitas vezes trazem mais sofrimentos que cruzes de ferro.

Nenhum comentário: