16 de jun de 2011

ONDE ESTÁ O TEU TESOURO, AÍ ESTARÁ TEU CORAÇÃO...

Uma das mais interessantes histórias conta que um diligente fazendeiro trabalhou muito e teve uma boa safra. A colheita foi tão boa que não cabia mais nada nos celeiros, que já estavam lotados antes da colheita terminar. O que ele poderia fazer? Era um dilema.Ele pensou muito nisso.Deveria dar o excesso de sua colheita aos pobres? Mas, por que, se era dele? Ele não havia plantado aquilo tudo com cuidado, usando sua sabedoria e conhecimentos agrícolas para tornar sua fazenda a mais próspera do vale? Ele se convenceu do que devia fazer."Farei isto: destruirei os meus celeiros, reconstruílos-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens.Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te".Mas Deus lhe disse: "Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?" Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus. Este rico fazendeiro não conhecia a Fonte de suas bênçãos.Não reconheceu seu Criador nem suas obrigações como mordomo.Esqueceu-se totalmente dos pobres, órfãos, viúvas ou sem-teto.Ele só pensou em si mesmo.Este homem tinha um problema de coração.Jesus disse: "Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração".(Mateus 6:21).Jesus foi muito taxativo ao falar de nossa atitude em relação aos bens materiais. Se não os repartirmos e o entregarmos também a Jesus, eles poderão afastar-nos de Deus e até causar a perda da vida eterna. O problema do homem moderno é que sua vida tornou-se tão complexa e sua agenda tão lotada, que ele ou esquece ou não toma tempo para lembrar-se de onde vêm todas as bênçãos que recebe. Ele se esquece de avaliar o preço que foi pago para redimi-lo do pecado.O resultado é que deixa de honrar a Deus com seu tempo, seus talentos e seus bens materiais. Cada um de nós precisa lembrar, diariamente, que as coisas que amamos, que são caras ao nosso coração são emprestadas; não são nossas. Jesus nos permite usá-las para iluminar nossas vidas.

Nenhum comentário: