9 de ago de 2011

LANÇA NAS PROFUNDEZAS DO MAR

"Àqueles a quem perdoardes os pecados", disse-lhes Cristo, "são perdoados; e, àqueles a quem os retiverdes, lhes são retidos."( João 20:23). Cristo não dá aqui permissão, para qualquer homem julgar a outros. No sermão do monte, proíbe fazê-lo. É a prerrogativa de Deus. Sobre a igreja em sua qualidade de corpo organizado, porém, Ele coloca uma responsabilidade para com os membros individuais. A igreja tem o dever, para com os que caem em pecado, de advertir, instruir e, se possível, restaurar. "Que redarguas, repreendas, exortes", diz o Senhor, "com toda a longanimidade e doutrina."( II Tim. 4:2).Lidai fielmente com os que fazem mal. Adverti toda alma que se acha em perigo. Não deixeis que ninguém se engane a si mesmo. Chamai o pecado pelo seu verdadeiro nome. Declarai o que Deus disse com relação à mentira, à transgressão do sábado, ao roubo, à idolatria e a todos os outros males. "Os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus." (Gál. 5:21). Se eles persistirem no pecado, o juízo que havíeis declarado segundo a Palavra de Deus é sobre eles proferido no Céu. Preferindo pecar, renunciam a Cristo; a igreja deve mostrar que não sanciona seus atos, do contrário ela própria desonra ao Senhor. Deve dizer a respeito do pecado o mesmo que declara o Senhor. Deve tratar com ele segundo as instruções divinas, e sua ação é ratificada no Céu. Aquele que desdenha a autoridade da igreja, despreza a do próprio Cristo. Há, porém, na questão, um aspecto mais positivo. "Àqueles a quem perdoardes os pecados, lhes são perdoados." (João 20:23). Seja, acima de tudo, conservado este pensamento. No trabalho em prol dos que se acham em erro, dirigi todo olhar para Cristo. Tenham os pastores terno cuidado pelo rebanho do pastoreio do Senhor. Falem ao extraviado da perdoadora misericórdia do Salvador. Animem o pecador a arrepender-se e a crer nAquele que pode perdoar. Declarem, sobre a autoridade da Palavra de Deus: "Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça."( I João 1:9). Todos quantos se arrependem têm a afirmação: "Tornará a apiedar-Se de nós, subjugará as nossas iniqüidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar." (Miqueias 7:19).

Nenhum comentário: