01/03/2010

SALMO 40:2 - UM SALMO DE LIBERTAÇÃO

“Tirou-me de um poço de perdição, dum tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma rocha e me firmou os passos.” Sal. 40:2. O salmo de hoje mostra o processo maravilhoso da salvação. Alguém está completamente destruído pelo pecado e, de repente, deixa-se encontrar pelo Senhor Jesus, O aceita como seu Salvador pessoal e o Senhor o transforma num príncipe para Seu reino. Ao longo das quase quatro décadas apresentando Jesus Cristo como a única solução para os problemas humanos, tenho visto prostitutas, homossexuais e marginais da pior espécie serem transformados pela graça maravilhosa de Cristo. Davi descreve, num só verso, como Deus age com o pecador arrependido: “Tirou-me de um poço de perdição.” O salmista está falando aqui da prisão. O pecado aprisiona, escraviza, não permite você ir aonde quer, tira sua liberdade. Nas prisões daqueles tempos não havia banheiros. Eram poços imundos, asfixiantes. Davi o chama “tremedal de lama”. Quando o salmista deixou-se arrastar pelo pecado, foi parar literalmente no fundo do poço. Sem saber mais aonde ir nem o que fazer com a vida, clamou por socorro e o Senhor apareceu. Jesus sempre está pronto a aparecer na vida de qualquer ser humano que clama por perdão. Mas Ele nada pode fazer por alguém que tenta “justificar”, “racionalizar” ou “explicar” suas ações erradas. O texto diz: “Colocou-me os pés sobre uma rocha...” Quem é essa rocha? Jesus, a Rocha dos séculos. O pecador agora está livre, perdoado e justificado na rocha. Salvo em Cristo, porque “não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”. Atos 4:12. O trabalho de Jesus não termina aí. O salmo diz: “... me firmou os passos”. Se você tenta ser um cristão, descobre que não é fácil andar com firmeza. A estrada está cheia de perigos e tentações. Quantas vezes os pés vacilam e você escorrega, chegando a sangrar. Jesus é a única solução. Ele não é apenas seu salvador, é também seu sustentador. Ele o levará até a vitória final. Ele completará em você a obra que iniciou. Por isso, diga com gratidão em seu coração: “Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama, colocou-me os pés sobre uma rocha e me firmou os passos.”

Nenhum comentário: