3 de set de 2011

UM POUCO DA HISTÓRIA DE JESUS

Durante a vida de Cristo, a Palestina estava sob a jurisdição de Roma, cujas legiões, comandadas por Pompeu, subjugaram a região e anexaram à província romana da Síria em 64-63 D.C. Depois de terem desfrutado de independência política durante 80 anos antes da chegada dos romanos, os judeus sofreram muito pela presença e a autoridade dos governantes estrangeiros,tanto civis como militares.Quando o Senado romano nomeou a Herodes, o Grande (37ªA.C.),como rei sobre boa parte da Palestina, a sorte dos judeus foi ainda mais angustiosa. É fácil entender que o desejo de obter a independência se convertesse em uma obsessão geral e afetasse quase todos os aspectos da vida nacional. Sobretudo,este desejo impregnava o pensamento religioso da época e a interpretação das passagens messiânicas do Antigo Testamento.A dominação dos romanos era resultado direto da desobediência aos mandatos divinos,conforme já antevisto pelos profetas do VT. As aspirações políticas e militares acalentadas acabaram por distorcer a esperança messiânica, de modo que Jesus de Nazaré não cumpriu estas falsas expectativas, por isso o orgulho nacional impediu que o povo reconhecesse Nele Aquele de quem os profetas tinham dado testemunho tão exaustivamente(Isaías 53). A fim de que se preservasse para as gerações futuras um quadro completo da vida e do ministério de JESUS, a Inspiração Divina dirigiu e capacitou quatro homens para que se conservasse o registro do relato evangélico, escrito possivelmente do ponto de vista que a cada um dos quatro interessava pessoalmente.Ao escrever, cada um dos quatro evangelistas,(MATEUS,MARCOS,LUCAS E JOÃO), tinha um propósito claro.Cada um omitiu certos feitos mencionados pelos outros e acrescentou detalhes próprios.É como se quatro pintores tivessem pintado um retrato de JESUS,cada um deles de um ângulo diferente.Em todos os casos,o tema é o mesmo,e foi inspirado por Deus, mas o aspecto é diferente.Em seu conjunto, os quatro retratos proporcionam um conceito mais completo e perfeito de JESUS, do que poderia se fosse feito por um discípulo somente.O retrato assim formado pelos quatro evangelistas nos permite contemplar a vida de CRISTO em sua verdadeira perspectiva. Basicamente o que precisamos saber para conhecer sobre o Salvador nos foi revelado nestes Evangelhos.Estude-os, releia-os e medite sobre o que leu, depois quando ler a Bíblia, poderá aprender mais ainda sobre nosso amoroso Salvador!

Nenhum comentário: