14 de jul de 2012

SOBRE A PRECIOSA GRAÇA !
UMA CERTEZA – O sangue de Cristo é o único meio de salvação, e a Lei Moral eternamente será o padrão de conduta do ser humano. O apóstolo Pedro negou a Cristo, bem como fez de tudo para esconder sua própria identidade. Lembra-se? (Mateus 26: 31-35, 69-75). Nesse caso, a fé de Pedro, sem as obras (testemunho pessoal), foi absolutamente morta. “Nossa fé sem as obras é morta, Foi assim que o Senhor ensinou Se o amor realmente não há Nem as obras nem a fé tem valor” Realmente, é isto que cremos e pregamos. As obras são frutos do amor. Nós guardamos a Lei de Deus não NÃO PARA sermos salvos, mas porque JÁ FOMOS salvos. Esta obediência (obra) é fruto da fé envolta no amor por aquEle que por nós morreu. Por isso lembre-se: Somos salvos pela fé, mas seremos julgados pelas nossas obras. UM CONSELHO – Os santos terão no fechamento da porta da Graça o caráter de Jesus, mas aqui na Terra, não no Céu. Assim é necessário que o afiramos aqui e agora. E qual é o elemento aferidor? A Lei de Deus dos Dez Mandamentos! Isaías 8: 20. Tiago 2: 10-12. UMA CURIOSIDADE – Quando a Bíblia menciona que os remidos entoarão o Cântico de Moisés e do Cordeiro (Apoc. 15: 3), você nunca se perguntou porque o Cântico não é de Abraão,Isaac,Jacó,João, Pedro ou Paulo? – Não é, porque é o Cântico da Lei (Moisés) e da Graça (Cordeiro). E assim, até neste detalhe Lei e Graça estão juntas.

Nenhum comentário: