24 de ago de 2012

CHEGAR A CRISTO
Temos de ir a Cristo com os joelhos dobrados, pois, apesar de ele ser uma porta grande o suficiente para o maior pecador poder passar, essa porta é tão baixa que as pessoas precisam inclinar o rosto até o chão se quiserem ser salvas. Portanto, é dessa fé que precisamos, porque a falta de fé é evidência clara da ausência de humildade. A pessoa que tem fé renunciou a sua justiça própria. Se você colocar um átomo de confiança em si mesmo, você não tem fé; se você se apoiar um pouco que seja em qualquer coisa que não o que Cristo fez, você não tem fé. Se você confia em suas obras, então elas são do anticristo, e Cristo e o anticristo de forma alguma podem andar juntos. Cristo quer tudo ou nada; ele deve ser um Salvador totalmente ou não ser Salvador. Se, então, você tem fé, você pode dizer: "Não tenho nada em minha mão;Na cruz está a minha salvação! A fé é necessária à salvação porque a Escritura nos diz que as obras não podem salvar. Se você não ama a Cristo, você não crê nele, porque crer em Cristo gera amor. E mais uma coisa: quem tem fé autêntica tem obediência autêntica. Se alguém diz que tem fé e não tem obras, está mentindo. Apesar de não confiarmos nas boas obras para salvação, sabemos que a fé sempre gera boas obras. A fé é a mãe de toda a santidade, e não existe mãe que não ame seu filho. As bençãos de Deus são dadas com ambas as mãos. Com uma mão Ele dá o perdão, com a outra dá santidade. E ninguém pode ter uma a menos que tenha a outra...

Nenhum comentário: