14 de fev de 2011

PORQUE SENTIMOS QUE DEUS NÃO NOS ESCUTA?

Por que pedir? Algumas pessoas dizem que não pedem a Deus porque Ele sabe do que temos necessidade, o que é verdade (Mt 6,8). Mesmo assim, o próprio Jesus é quem ensina: “Pedi e recebereis para que a vossa alegria seja completa” (Jo 16,24) e ainda “Pedi e vos será dado, pois todo aquele que pede, recebe” (Mt 7,7-8; Lc 11,9-10)./// De forma fundamentalista, teríamos por que crer que Deus é um gênio das arábias, que atende nossos pedidos como um passe de mágica. Mas não é tão simples assim, e convém examinar as Escrituras como um todo a fim de entender por que nem tudo o que pedimos se concretiza.*** Como pedir? Em nome de Jesus. Mais do que uma fórmula, significa que você está pedindo pelos méritos de Jesus, na condição de um cristão batizado. Então, cabe sempre questionar-se: “Jesus pediria ao Pai o que estou Lhe pedindo?” Caso a resposta seja negativa, é melhor repensar os próprios desejos. Veja bem, até mesmo os apóstolos São Tiago e São João escutaram do Mestre: “Não sabeis o que pedis” (Mc 10,38), pois pediam mal. Depois desta lição, o apóstolo São Tiago em sua Epístola alerta: “Pedis, mas não recebeis, porque pedis mal, com o fim de gastardes nos vossos prazeres” (Tg 4,3)./// “Quem dentre vós dará uma pedra a seu filho, se este lhe pedir pão? Ou lhe dará uma cobra, se este lhe pedir peixe? Ora, se vós que sois maus sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos ceus dará coisas boas aos que lhe pedem!” (Mt 7,7-9; cf tb Lc 11,11-13). ///// É por isso que se faz necessário pedir com insistência, com perseverança e convicção. Muitas vezes pedimos como agimos, por impulso. Então, Deus muitas vezes responde às nossas súplicas concedendo-nos Sabedoria para pedir certo a coisa certa, para reformularmos nossas súplicas. A maturidade vem da espera, e da paciência, a graça. “Por causa da sua insistência, lhe dará tudo aquilo de que precisa” (Lc 11,8). Com isso, constatamos que muitas vezes não sabemos pedir como convém, e por isso é necessário usar o poder do Espírito para pedir com Sabedoria. Pois, de fato, só Deus sabe verdadeiramente o que é o melhor para nós.//// Faz diferença quem faz a súplica a Deus? Quem tem uma relação mais estreita com Deus possui mais Sabedoria para pedir coisas certas, e seus propósitos estão mais alinhados aos de Deus. Então, é natural que seus pedidos sejam atendidos com maior prontidão. São Tiago afirma que “a oração fervorosa do justo tem grande poder” (Tg 5,16) e a vida dos santos testemunha isso./// Nenhuma novidade. O próprio Jesus apontou uma condição para atendimentos infalíveis: “Se permanecerdes em mim, e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vós o tereis” (Jo 15,7; cf tb Mt 21,22)./// “Àquele, cujo poder, agindo em nós, é capaz de fazer muito além, infinitamente além do que podemos pedir ou conceber, a ele seja a glória na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações dos séculos dos séculos” Amém.” (Ef 3,20)(Depósito da Fé)

Nenhum comentário: